Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Meta-análise para estimativas de correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos

Di Giorgio Giannotti, Juliana; Umberto Packer, Irineu; Eugênia Zerlotti Mercadante, Maria.
Sci. agric.; 59(3)2002.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-439657

Resumo

The problem of combining information from independent studies permeates almost all fields of science. Because the number of scientific articles being published has increasingly grown in past years, combining information has became a necessity. A meta-analysis was conducted to summarize published estimates of genetic correlation between birth and weaning weights of zebu beef cattle, through the collection of estimates of 39 reports, from 1968 to 2000. Data were analyzed by fixed and random effect models. Components of variance were obtained by the restricted maximum likelihood technique. Strong lack of homogeneity among the studies was observed. As a consequence, fixed model estimates of combined results were inappropriate. Results suggest that random effect models produce better estimates. Subgroup comparisons, for decade publication, showed heterogeneity. Meta-analysis techniques were recommended for quantitative reviews of genetic parameters.
O problema de combinar informações de estudos independentes atinge quase todos os campos da ciência, devido, principalmente, ao grande número de artigos científicos publicados nos últimos anos, assim sumarizar informações se tornou uma necessidade. Uma meta-análise foi conduzida com o objetivo de resumir as estimativas da correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos de corte de origem zebuína. Foi usado um conjunto de estimativas obtidas em 39 artigos publicados no período de 1968 a 2000. Os dados foram analisados de acordo com modelos fixo e aleatório, este último sob a técnica da máxima verossimilhança restrita. O modelo fixo não foi apropriado em virtude da falta de homogeneidade das estimativas de correlação, sendo portanto recomendável o modelo aleatório. A análise de subgrupo, estratificado por década de publicação, também apresentou heterogeneidade. A meta-análise constitui técnica que deve ser implementada para esta e outras finalidades
Biblioteca responsável: BR68.1