Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Liming and electrochemical attributes of an oxisol under no tillage

Reynaldo Ferracciú Alleoni, Luís; César Bachiega Zambrosi, Fernando; Guimarães Moreira, Silvino; Ignácio Prochnow, Luís; Pauletti, Volnei.
Sci. agric.; 60(1)2003.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-439731

Resumo

No tillage areas are increasing in Brazil especially due to a general improvement in water and nutrient availability to plants. Few results have reported the effect of liming on soil electrochemical attributes in areas under the no tillage system. This study was conducted to evaluate the effect of liming (at the soil surface and incorporated to 0.2 m) on soil pH, point of zero salt effect (PZSE), electric potential, soil organic matter (SOM), and yield of soybean and corn, cultivated on an Typic Hapludox, submitted 12 years to no tillage. Rates of lime of 1/3, 2/3 and the total amount calculated for soil to reach a base saturation of 70 % (2.5 ton ha-1) were applied on soil surface. The full rate was also applied and incorporated to the 0.2 m depth. The effect of liming on PZSE was low due, most likely, to the low lime rates used in the experiment. SOM contents decreased as rates of applied lime increased, with the highest variation occurring between the control and the full rate of lime when incorporated. No clear effect of the lower values of SOM was observed in the PZSE values. The lack of interaction among lime rates and soil depth contributed for this situation, once the effect of SOM was diluted when considering the values of PZSE as the average for the soil layers (0-0.1; 0.1-0.2 and 0.2-0.3 m). There was no variation in the soil electric potential and in the yield of soybean and corn as a function of lime rates.
O aumento das áreas cultivadas no Brasil sob sistema de semeadura direta (SSD) vem ocorrendo principalmente devido às melhorias na disponibilidade de água e de nutrientes às plantas. Entretanto, poucos estudos têm sido realizados sobre o efeito da calagem nos atributos eletroquímicos dos solos cultivados sob SSD. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito da calagem (na superfície do solo e incorporada a 0,2 m) no pH do solo, no ponto de efeito salino nulo (PESN), no potencial elétrico, no teor de matéria orgânica do solo (MOS) e na produtividade de soja e milho cultivados em um Latossolo Vermelho com 12 anos sob SSD. As doses de calcário aplicadas na superfície representaram 1/3, 2/3 e o total da quantidade calculada para elevar a saturação por bases a 70% (2500 kg ha-1). Avaliou-se um tratamento adicional, constituído pela maior dose, incorporada na camada de 0 a 0,2 m. Houve efeito pouco pronunciado da calagem nos valores de PESN, provavelmente devido às pequenas doses de calcário utilizadas. O conteúdo de MOS decresceu com o aumento das doses de calcário, sendo que a maior variação ocorreu entre a testemunha e a dose incorporada. Não ocorreu efeito claro desse abaixamento da MOS nos valores do PESN. A falta de interação entre as doses de calcário e as profundidades de coleta do solo contribuiu para esta situação, porque o efeito da MOS foi diluído, uma vez que os valores de PESN eram médios das profundidades (0-0,1; 0,1-0,2 and 0,2-0,3 m). O potencial elétrico e as produtividades de soja e milho não variaram com as doses de calcário.
Biblioteca responsável: BR68.1