Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Alfalfa yield and quality as function of nitrogen fertilization and symbiosis with Sinorhizobium meliloti

Salles de Oliveira, Wladecir; Perondi Anchão Oliveira, Patrícia; Corsi, Moacyr; Rodrigo Sanches Duarte, Fábio; Mui Tsai, Siu.
Sci. agric.; 61(4)2004.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-439900

Resumo

The efficiency of the symbiotic process between alfalfa (Medicago sativa L.) and Sinorhizobium meliloti can be drastically affected by soil nitrogen. This research evaluates how mineral fertilization affects the contribution of symbiosis to the yield and quality of alfalfa in two experiments under controlled conditions, and a third one in the field. Under controlled conditions, positive effect of nitrogen fertilizer was observed, whereas, in the field, negative effect of the mineral nitrogen (450 kg ha-1 year-1) on the symbiotic process was observed, with reduction of nodulation and nitrogenase activity. However, there was no effect on yield, total nitrogen concentration, crude protein, non-protein nitrogen and digestibility in relation to the treatment without mineral N. The cultivars showed similar performance under different conditions, with 'Crioula Brasileira' and 'Crioula Chilena' showing the highest yield and 'Pioneer-5454' the highest forage nutritive value.
A eficiência do processo simbiótico entre a alfafa (Medicago sativa L.) e a bactéria Sinorhizobium meliloti pode ser afetada pela presença de nitrogênio no solo. Avaliou-se a contribuição da simbiose em comparação à adubação nitrogenada em componentes da produção de alfafa, em dois experimentos sob condições controladas e um terceiro em campo. Sob condições controladas, verificou-se efeito positivo da adubação nitrogenada sobre as variáveis estudadas, sobre a produção de matéria seca, teor de nitrogênio e proteína. Em campo, verificou-se efeito negativo do N-mineral (450 kg ha-1 ano-1) sobre o processo simbiótico, com redução da nodulação e atividade da enzima nitrogenase, sem efeito sobre a produção de matéria seca, nitrogênio total, proteína bruta, nitrogênio não protéico e digestibilidade. O desempenho dos cultivares estudados foi semelhante nos dois ambientes de estudo, sendo os cultivares Crioula Brasileira e Crioula Chilena os mais produtivos e o cultivar Pioneer-5454 como o de melhor valor nutritivo da biomassa produzida. Adubação nitrogenada é dispensável para Medicago sativa inoculada com a bactéria fixadora de nitrogênio correspondente, uma vez que a simbiose pode garantir o fornecimento de nitrogênio em quantidade suficiente para a produção.
Biblioteca responsável: BR68.1