Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ocorrência de infecção Cryptosporidium spp. em peixe-boi marinho (Trichechus manatus)

Carlos Gomes Borges, João; Câmara Alves, Leucio; Einhardt Vergara-Parente, Jociery; Aparecida da Glória Faustino, Maria; de Castro Lima Machado, Erilane.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-441752

Resumo

Cryptosporidiosis is a zoonosis which can affect man and a wide range of domestic and wild animals, mainly immunodeficient individuals. The objective of this paper was reported the occurrence of a Cryptosporidium infection in Antillean manatee. After an unusual behavior of an Antillean manatee kept in captivity at the Centro Mamíferos Aquáticos, ICMBio - FMA, clinical examination and posterior fecal sampling was performed. Fecal samples were examined by the Kinyoun technique, Direct Immunofluorescence Test and also examined by 4'.6'-Diamidino-2-Phenylindole (DAPI) staining. At the clinical examination, the animal showed signs of abdominal pain. The results obtained by light and fluorescence microscopy analysis showed the presence of Cryptosporidium spp. oocyst in feces of this manatee.
A criptosporidiose constitui-se como uma zoonose que pode afetar o homem e uma ampla variedade de animais domésticos e silvestres, principalmente indivíduos imunodeficientes. O objetivo desse trabalho foi registrar a ocorrência de infecção por Cryptosporidium em peixe-boi marinho. Após ser constatada a mudança de comportamento de um peixe-boi marinho mantido nos oceanários do Centro Mamíferos Aquáticos, ICMBio - FMA, animal foi submetido à exame clínico e, posteriormente, à coleta de amostra fecal. As amostras fecais foram analisadas pela técnica de Kinyoun, teste de imunofluorescência direta e pelo corante 4'.6'-Diamidino-2-Phenilindole (DAPI). No exame clínico, o animal apresentou sinais de desconforto abdominal. Os resultados obtidos nas análises de microscopia de luz e fluorescente revelaram a presença de oocistos de Cryptosporidium nas fezes desse peixe-boi.
Biblioteca responsável: BR68.1