Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Abundância relativa e sazonalidade de espécies de Chrysomya (Diptera: Calliphoridae) no Pantanal Sul-Mato-Grossense, Brasil

Cristina Corrêa, Elaine; Werner Koller, Wilson; Thadeu Medeiros de Barros, Antonio.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-441833

Resumo

Species of the genus Chrysomya Robineau-Desvoidy 1830 (Diptera: Calliphoridae) play an important role in public health due to myiasis and transmission of enteropathogens. This study aimed to estimate the relative abundance and seasonality of the three Chrysomya species (C. albiceps, C. putoria, and C. megacephala) that occur in the Pantanal region. The flies were caught by four Wind Oriented Traps, baited with decayed bovine liver. Traps were kept active all over the study carried out from December 2004 to November 2007 at Nhumirim ranch, located at the Nhecolândia subregion, Southern Pantanal. A total of 159,086 Calliphoridae flies were collected and 31.87% of them belonged to the genus Chrysomya. Among calliphorid dipterans the most abundant species was C. albiceps (30.86%), followed by C. megacephala (0.67%), and C. putoria (0.34%). The three Chrysomya species showed similar seasonal fluctuations with two annual population peaks observed in June-August and October-December.
As espécies do gênero Chrysomya Robineau-Desvoidy 1830 (Diptera: Calliphoridae) exercem papel importante na saúde pública por causarem miíases e por veicularem enteropatógenos. Este estudo visou estimar a abundância relativa e a sazonalidade das três espécies de Chrysomya (C. albiceps, C. putoria e C. megacephala) que ocorrem no Pantanal. Os dípteros foram capturados em quatro armadilhas orientadas pelo vento (Wind Oriented Trap - W.O.T.), iscadas com fígado bovino deteriorado. As armadilhas foram mantidas ativas durante todo o estudo, realizado na fazenda Nhumirim, base experimental da Embrapa Pantanal, sub-região da Nhecolândia, Pantanal Sul-Mato-Grossense. No período de dezembro/2004 a novembro/2007, foram capturados 159.086 espécimes de Calliphoridae, sendo 31,87% do gênero Chrysomya. A espécie mais abundante do gênero foi C. albiceps (30,86%), seguida de C. megacephala (0,67%) e C. putoria (0,34%). As três espécies apresentaram flutuações sazonais semelhantes, com dois picos populacionais anuais, observados entre junho e agosto e entre outubro e dezembro.
Biblioteca responsável: BR68.1