Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Acute and latent infection in mice with a virulent strain of Aujeszkys disease virus

B. Flatschart, Roberto; Resende, Maurício.
Braz. J. Microbiol.; 31(4)2000.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-443531

Resumo

Acute and latent infections with the Brazilian LA031 strain of Aujeszkys disease virus (ADV) were established in mice. Ultraviolet irradiated ADV administered subcutaneously was a successful way to establish latent infection. The presence of ADV was detected by PCR. Two sets of 22-mer primers were synthesized and used to amplify gG glycoprotein gene sequences in acute and latent infected trigeminal nerve ganglia. The specificity of the amplification was verified by dot-blot hybridization.
Infecções dos tipos aguda e latente foram obtidas em camundongos infectados com a amostra brasileira LA031 do vírus da doença de Aujeszky (ADV). A administração subcutânea da amostra de ADV irradiada com luz ultravioleta foi indispensável para se estabelecer a infecção latente. A presença do ADV em animais foi detectada por PCR. Oligonucleotídeos de 22 mer foram sintetizados e usados para amplificar sequências do gene da glicoproteína gG no gânglio do nervo trigêmio em camundongos com infecção aguda e latente. A especificidade da amplificação foi verificada por hibridização do tipo dot-blot.
Biblioteca responsável: BR68.1