Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ANTIBACTERIAL ACTIVITY OF LENTINULA EDODES GROWN IN LIQUID MEDIUM

Kazue Ishikawa, Noemia; Catarina Megumi Kasuya, Maria; Cristina Dantas Vanetti, Maria.
Braz. J. Microbiol.; 32(3)2001.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-443577

Resumo

The antibacterial activity of 35 isolates of Lentinula edodes, a shiitake mushroom, against Bacillus subtilis was evaluated by diffusion technique in agar with a semi-solid overlay. All isolates inhibited B. subtilis and the isolate Le1 promoted the formation of the largest inhibition zone. L. edodes Le1 also presented antibacterial activity against foodborne pathogens and food contaminant bacteria, particularly Gram-positive species. The antibacterial activity of the culture filtrate after 18-25 days of cultivation of L. edodes in broth at 25ºC was high. The inhibitory activity was observed only in the organic layer when the culture filtrate was partitioned between ethyl acetate and water, suggesting that the inhibitory substances have low polarity. The silica gel thin-layer zone at Rf values of 0.63-0.80, developed in chloroform - acetone - ethyl acetate - methanol = 40:5:5:2, was responsible for the antibacterial activity against B. subtilis. The inhibitory activity of L. edodes was detectable in the culture filtrate after heat treatment at 100ºC for 10 min and after storage at 4ºC for 120 days.
A atividade antibacteriana de 35 isolados de Lentinula edodes (shiitake) contra Bacillus subtilis foi avaliada pela técnica de difusão em sobrecamada de ágar semi-sólido. Todos os isolados avaliados inibiram o crescimento de B. subtilis sendo o isolado Le1 o que apresentou maior halo de inibição. L. edodes Le1 também inibiu o crescimento de bactérias patogênicas e deterioradoras de alimentos, especialmente as Gram-positivas. Maior atividade antibacteriana do filtrado da cultura de L. edodes em meio líquido foi observada entre 18-25 dias de incubação, a 25ºC. O fracionamento do filtrado da cultura com acetato de etila e água permitiu evidenciar a atividade antagonista somente na fase orgânica, sugerindo que as substâncias inibitórias apresentam baixa poloridade. A cromatografia em camada fina, com o sistema de solventes clorofórmio - acetona - acetato de etila - metanol = 40:5:5:2, definiu a região de Rf entre 0,63-0,80 como a que apresenta atividade antibacteriana contra B. subtilis. A atividade inibitória de L. edodes foi detectada em filtrado da cultura após o tratamento térmico de 100ºC por 10 minutos e após estocagem a 4ºC por 120 dias.
Biblioteca responsável: BR68.1