Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Echovirus 6 associated to aseptic meningitis outbreak, in São Joaquim da Barra, São Paulo, Brazil

Luchs, Adriana; Hage Russo, Denise; Cilli, Audrey; Faria Costa, Fernanda; Guadagnucci Morillo, Simone; Caetano Machado, Bráulio; Cristina Guedes Pellini, Alessandra; de Cássia Compagnoli Carmona, Rita; do Carmo Sampaio Tavares Timenetsky, Maria.
Braz. J. Microbiol.; 39(1)2008.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-444193

Resumo

An aseptic meningitis outbreak occurred during a period from February to May 2004 in São Joaquim da Barra, a town in the northern region of São Paulo State. A total of 40 cases were reported to the Epidemiological Surveillance Center of São Paulo State. Cerebrospinal fluid samples obtained from 23 patients were sent to the Adolfo Lutz Institute for isolation of the virus. These samples were inoculated into RD, HEp2 and Vero cell lineages and those presenting a cytopathogenic effect were selected for analysis by indirect immunofluorescence assay (IFA), neutralization testing (Nt) and reverse transcriptase-polymerase chain reaction (RT-PCR). Cytopathogenic effects were observed in 52.2% (12/23) of these samples. All isolated viruses were identified as human enterovirus by IFA and RT-PCR and echovirus 6 was typed by IFA and Nt. Our results confirmed the participation and importance of echovirus as the etiological agent responsible for this outbreak and the serotype diversity of human enteroviruses circulating in São Paulo State.
Entre fevereiro e maio de 2004, em São Joaquim da Barra, Estado de São Paulo, foi notificado ao Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) um surto de meningite asséptica (MA) envolvendo 40 indivíduos. Foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz amostras de líquido cefalorraquidiano (LCR) de 23 pacientes com MA para tentativa de isolamento viral. Estas amostras foram inoculadas em 3 linhagens celulares: RD, HEp2 e Vero. Culturas celulares que apresentaram efeito citopático (ECP) foram submetidas a ensaio de Imunofluorescência Indireta (IFI), reação de Neutralização (Nt) e RT-PCR (Transcrição Reversa Reação em Cadeia da Polimerase). Em 52,2% (12/23) das amostras foi observado ECP. Todos os vírus isolados foram identificados como gênero HEV por IFI e RT-PCR e o sorotipo echovirus 6 (E-6) por IFI e Nt. Nossos resultados confirmam a participação e importância dos echovirus como agente etiológico responsável pelo surto ocorrido e a diversidade de sorotipos circulantes no Estado de São Paulo.
Biblioteca responsável: BR68.1