Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Considerations on the effect of anti-sandfly antibodies on biological parameters of Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae)

L. Vilela, M.; A. Souza, N.; M. P. Oliveira, S.; Costa-Pinto, D.; H. Cabello, P.; F. Rangel, E.; M. Traub-Cseko, Y..
Braz. J. Biol.; 66(1)2006.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-446084

Resumo

The immunization of vertebrate hosts with vector components may be an alternative for the control of diseases transmitted by insects. In the present study we evaluated the effects of anti-sandfly antibodies on some of the biological parameters of female Lutzomyia longipalpis, a vector of visceral leishmaniasis. Rabbits were immunized with extracts of gut from blood-fed (GB) or sugar-fed (GS) females, carcass of sugar-fed (CS) or blood-fed (CB) females, and with repeated sandfly bites (BITE). Immune sera showed increased antibody titers compared to pre-immunized animals, and specific bands were detected by Western Blot. An analysis of biological parameters revealed a decline in fecundity in the group of females fed on rabbits immunized with GB and BITE. Longevity and mortality were studied in females with oviposition (parous) and without oviposition (nulliparous). Nulliparous females that fed on rabbits immunized with bites died in the highest percentage. A mortality analysis after egg laying revealed a peak on the fifth day in all the groups, but females fed on rabbit subjected to repeated bites showed a shift towards the third day.
A imunização de hospedeiros vertebrados com componentes derivados de vetores pode se constituir numa estratégia alternativa para o controle de doenças transmitidas por insetos. No presente estudo avaliamos o efeito de anticorpos antiflebótomos sobre alguns parâmetros biológicos de fêmeas de Lutzomyia longipalpis, vetor de leishmaniose visceral. Coelhos foram imunizados com extratos de tubos digestivos de fêmeas alimentadas com açúcar (GS), fêmeas alimentadas com sangue (GB), carcaças de fêmeas alimentadas com açúcar (CS) ou carcaças de fêmeas alimentadas com sangue (CB), e coelho imunizado por repetidas picadas de fêmeas de flebótomos (BITE). Os soros imunes de coelhos apresentaram títulos aumentados quando comparados com os soros pré-imunes, e bandas específicas foram detectadas por meio de Western Blot. A análise dos parâmetros biológicos revelou um decréscimo na fecundidade no grupo de fêmeas alimentadas em coelho imunizado com GB e BITE. A longevidade e a mortalidade foram estudadas em fêmeas com postura (paridas) e fêmeas sem postura (nulíparas). Fêmeas nulíparas que se alimentaram em coelho imunizado por repetidas picadas morreram em maior percentual. A análise da mortalidade, após a postura dos ovos, revelou um pico no quinto dia em todos os grupos, mas em fêmeas que se alimentaram em coelho submetido a repetidas picadas, foi antecipada para o terceiro dia.
Biblioteca responsável: BR68.1