Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ultrastructural changes in female hepatocytes during ovarian maturation of Steindachnerina insculpta (Pisces: Curimatidae)

M. A. Ribeiro, V.; Bazzoli, N.; A. Maria, T.; B. Santos, G..
Braz. J. Biol.; 66(4)2006.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-446176

Resumo

During gonadal maturation the females of Steindachnerina insculpta, a teleost of the Furnas reservoir, Minas Gerais, Brazil, show low hepatosomatic and high gonadossomatic indexes, suggesting possible transference of hepatic substances to the ovaries. In comparison to the resting phase, in the maturation/mature one the hepatocytes show greater development of both smooth and rough endoplasmic reticula, increased electron density in the mitochondria, and glycogen scattered throughout the cytoplasm. In both resting and maturation/mature phases, the hepatic parenchyma contains melanomacrophagic centers that consist of degenerating cellular debris and are surrounded by capsules formed by cells, resembling fibroblasts, joined by desmosomes. No physiological relation of these centers with ovarian maturation was found.
Fêmeas de Steindachnerina insculpta, um teleósteo do reservatório de Furnas, Minas Gerais, Brasil, apresentaram, durante a maturação gonadal, um baixo índice hepatossomático e um alto índice gonadossomático, sugerindo que substâncias hepáticas são provavelmente transferidas para os ovários. Comparando-se fêmeas no estádio de repouso com aquelas no estádio maturação/maduro, observaram-se nos hepatócitos de fêmeas no estádio maturação/maduro maior desenvolvimento do retículo endoplasmático rugoso e liso, mitocôndrias com densidade eletrônica aumentada e glicogênio espalhado por todo citoplasma. No estádio de repouso, assim como no estádio de maturação/maduro, observaram-se, no parênquima hepático, centros melanomacrofágicos constituídos de restos celulares em degeneração delimitados por cápsula contendo células semelhantes a fibroblastos unidas por desmosomas. Não foram observadas relações fisiológicas entre os centros melanomacrofágicos e a maturação dos ovários.
Biblioteca responsável: BR68.1