Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Prevalência e classificação das afecções podais em vacas lactantes na bacia leiteira de Belo Horizonte

Molina, L.R.; Carvalho, A.U.; Facury Filho, E.J.; Ferreira, P.M.; Ferreira, V.C.P..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-447506

Resumo

The prevalence and classification of clinical foot problems of 469 lactating dairy cows were studied in 10 farms in the dairy region of Belo Horizonte, Brazil, managed in confinement systems. A total of 142 cows were considered affected and presented 534 lesions. The prevalence of affected cows was 30.3%, being 66.7% in the hind feet and 33.3% in the fore feet, with no difference between outer claw (49.2%) and inner claw (50.7%). The classification according to lameness showed, 105 animals classified as score 1, 9 as score 2, 15 as score 3, 7 as score 4 and 6 as score 5. Age of cow influenced the prevalence of lesions, but no effect of lactation stage was observed. The most frequent lesion was horn erosion representing 48.5% of the total, followed by interdigital dermatitis (13.5%) and septic pododermatitis (9.6%).
Com o objetivo de avaliar a prevalência e classificar clinicamente as afecções podais, foram examinadas 469 vacas em lactação de 10 fazendas da bacia leiteira de Belo Horizonte, criadas em regime de confinamento. Entre elas, 142 vacas, consideradas afetadas, apresentaram 534 lesões. A prevalência de vacas afetadas foi de 30,3%. Das afecções podais, 66,7% ocorreram nos membros posteriores e 33,3% nos membros anteriores. Ocorreram 49,2% lesões nas unhas laterais e 50,7% nas unhas mediais. Quanto ao escore de manqueira, 105 foram classificados como escore 1, 9 como escore 2, 15 como escore 3, 7 como escore 4 e 6 como escore 5. Maior incidência ocorreu nas vacas mais velhas, e não se observou influência da fase da lactação. A lesão mais freqüente foi a erosão de camada córnea, representando 48,5% do total, seguida por dermatite interdigital (13,5%) e pododermatite séptica (9,6%). O elevado número de animais afetados permite concluir que as afecções podais em vacas em lactação confinadas constitui um sério problema em fazendas na bacia leiteira de Belo Horizonte.
Biblioteca responsável: BR68.1