Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Valores de referência da atividade enzimática da aspartato-aminotransferase e da gama-glutamiltransferase em bovinos da raça Jersey. Influência dos fatores etários, sexuais e da infecção pelo vírus da leucose dos bovinos

Gregory, L.; Birgel Junior, E.H.; Mirandola, R.M.S.; Araújo, W.P.; Birgel, E.H..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-447569

Resumo

With the purpose of having the reference values established for the biochemical parameters which evaluate the hepatic function through the determination of the enzymatic activities of the aspartate aminotransferase (AST) and gamma glutamyltransferase (GGT) of Jersey breed, raised in the São Paulo State, as well as, to evaluate the influence of age factors, sexual factors and of the infection by the bovine leukosis virus on the biochemical parameters mentioned, samples of blood sera from 170 animals were collected and examined, being 106 females and 17 males, clinically healthy and non-reagents to the glycoproteic antigen of the bovine leukosis virus capsule, and 47 sororeagent cows to the above mentioned virus. The reference patterns to the Jersey breed were established for aspatate aminotransferase enzymes (33.91±10.99U/l) and for gama-glutamiltransferase enzyme (13.21±12.72U/l). The seric activities of AST and GGT also had influence of age factors. The seric rates of AST raised with the age, the minimal value was observed in calves until three months age (26.39±22.17U/l) and maximal value was obseved in cows with age between 48 and 72 months (38.60±11.24U/l). GGT seric rates was higher for until three months age female calves (31.15±38.70U/l) than in older animals (between 8.70±2.40U/l and 14.24±10.37U/l). The evaluation of sexual factors influence and infection by Bovine Leukosis Virus on AST and GGT seric enzimatic activity had not showed the influence of these factors on the values found in this research.
Com o objetivo de estabelecer os valores de referência de parâmetros bioquímicos que avaliem a função hepática, por meio da determinação da atividade enzimática da aspartato-aminotransferase (AST) e da gama-glutamiltransferase (GGT), de bovinos da raça Jersey, criados no Estado de São Paulo, bem como avaliar a influência dos fatores etários, sexuais e da infecção pelo vírus da leucose dos bovinos sobre os referidos parâmetros bioquímicos, foram colhidas e examinadas amostras de soro sangüíneo de 170 animais, sendo 106 fêmeas e 17 machos, considerados clinicamente sadios e não reagentes ao antígeno glicoprotéico (gp51) da cápsula do vírus da leucose dos bovinos e 47 fêmeas soro-reagentes ao mencionado vírus. Os valores de referência obtidos para a AST foram iguais a 33,91±10,99U/l enquanto para a GGT obtiveram-se valores médios de 13,21±12,72U/l. A avaliação dos resultados demonstrou que as transaminases sofreram influência dos fatores etários, pois comprovou-se que os teores séricos da AST aumentaram significativamente com o evoluir da idade, sendo o valor mínimo observado nas bezerras com até 3 meses de idade (26,39±22,17U/l) e valor máximo em vacas com idade entre 48 e 72 meses de idade (38,60±11,24U/l). Para os níveis séricos da GGT observou-se que nas bezerras com até 3 meses de idade os níveis séricos (31,15±38,70U/l) foram maiores do que os observados nos animais mais velhos (entre 8,70±2,40U/l e 14,24±10,37U/l). Nesta pesquisa não foram observadas influências dos fatores sexuais e da infecção pelo vírus da leucose dos bovinos sobre a atividade enzimática das transaminases.
Biblioteca responsável: BR68.1