Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Desempenho de cordeiros Corriedale, puros e mestiços, terminados em pastagem e em confinamento

Macedo, F.A.F.; Siqueira, E.R.; Martins, E.N..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-447582

Resumo

The experiment was carried out to study the performance of Corriedale and crossbred lambs from birth to slaughter. Twenty-three Corriedale (C), 25 Bergamácia × Corriedale (BC) and 17 Hampshire Down × Corriedale (HC) lambs were fed on pasture (Cynodon dactylon) or on drylot within a 3× 2 factorial (3 genotypes and 2 finishing systems) in a completely randomized design. The birth weight and daily gain from birth to weaning were not affected by genotype (P>0.05). The daily gain from weaning to slaughter (GPDA) was higher for confined lambs (0.144kg) than for lambs on pasture (0.106kg; P 0.05). The GPDA of the C lambs (0.106kg) was lower than BC (0.136kg) and HC (0.130kg). There were system and genotype effects on the weight gain from birth to slaugther. The drylot and the crossbred lambs had the highest growth rate. The slaugther age was lower (P 0.05) for confined (219 days) than for grazing lambs (258 days). The weight losses from the farm to the slaughter house were higher (P 0.05) for grazing (5.17%) than for the drylot lambs (3.16%). Therefore, the crossbreeding between Bergamacia and Hampshire Down rams with Corriedale ewes and the drylot system, must be emphasized in similar environment condition, always with prior analysis of the production cost.
O experimento teve por objetivo avaliar o desempenho de cordeiros, do nascimento ao abate com 30-32kg de peso vivo na origem, usando-se 23 cordeiros Corriedale (C), 25 Bergamácia × Corriedale (BC) e 17 Hampshire Down × Corriedale (HC), terminados em pastagem de coast cross (Cynodon dactylon) ou em confinamento. O peso ao nascimento e o ganho de peso médio diário do nascimento ao desmame não foram influenciados pelo grupo genético (P>0,05). O ganho de peso médio diário do desmame ao abate (GPDA) de 0,144kg dos cordeiros confinados foi superior aos 0,106kg dos cordeiros em pastagem (P 0,05). O GPDA dos cordeiros BC (0,136kg) e HC (0,130kg) foram maiores (P 0,05) que o dos C (0,106kg) O sistema de terminação e de cruzamento (P 0,05) influiu no ganho de peso do nascimento ao abate (GPNA), com maiores ganhos observados para cordeiros confinados (0,137kg) e cruzados (0,132kg). Os cordeiros confinados atingiram o peso de abate (219 dias) mais cedo (P 0,05) que os da pastagem (258 dias). Os cordeiros terminados em confinamento, no dia do abate, apresentaram menor perda de peso da origem ao abate (3,16%), comparados aos da pastagem (5,17%) (P 0,05). Os resultados indicam que pode-se recomendar o cruzamento de ovelhas Corriedale com carneiros das raças citadas, bem como a terminação dos cordeiros em confinamento, desde que se tenha preocupação de avaliar os custos de produção deste sistema.
Biblioteca responsável: BR68.1