Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Detecção da toxina-1 da síndrome do choque tóxico em amostras de Staphylococcus aureus isoladas de mastite bovina

Cardoso, H.F.T.; Carmo, L.S.; Silva, N..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-447585

Resumo

A total of 127 strains of Staphylococcus aureus were examined for the production of toxic shock syndrome toxin (TSST-1) and staphylococcal enterotoxins (SE) A, B, C and D. The strains were isolated from milk samples from cows with mastitis in dairy herds of Minas Gerais State, Brazil, from 1994 to 1997. The toxins were detected using the optimum-sensitivity plate method. Of 127 isolates, 60 (47%) produced TSST-1 and 54 (43%) produced SE, 38 (30%) produced SED, 24 (19%) SEB, 8 (6%) SEC and 4 (3%) enterotoxin A..
Este trabalho teve por objetivo caracterizar a produção da toxina da síndrome do choque tóxico (TSST-1) e de enterotoxinas estafilocócicas (SE) A, B, C e D em 127 amostras de S. aureus, isoladas de amostras de leite proveniente de vacas com mastite no Estado de Minas Gerais, entre 1994 e 1997. A verificação da produção de toxinas foi feita pela técnica de sensibilidade ótima em placa. Das 127 amostras testadas, 60 (47%) eram produtoras de TSST-1 e 54 (43%) produtoras de SE, 38 amostras produziram SED (30%), 24 SEB (19%), 8 SEC (6%) e 4 SEA (3%). Estes resultados trazem preocupações quanto à saúde pública pela alta prevalência de amostras de S. aureus produtoras de TSST-1 e de enterotoxinas em isolamentos a partir de leite de vacas com mastite.
Biblioteca responsável: BR68.1