Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estudo comparativo da virulência de amostras de vacina do vírus da doença de Newcastle em galinhas SPF por meio da análise morfométrica da espessura traqueal

Nunes, J.E.S.; Vasconcelos, A.C.; Jorge, M.A.; Guimarães, E.B.; Paixão, T.A.; Martins, N.R.S.; Resende, J.S..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-447782

Resumo

Virulence of three vaccinal lentogenic strains (La Sota, Ulster and VG-GA) of the Newcastle disease virus (NDV) was determined by morphometric analysis of tracheal thickness, in 45-day-old SPF chickens (n=12), free from NDV antibodies. Tracheal thickness was evaluated 1, 2, 3, 4, 6, and 8 days after intratracheal vaccination. La Sota strain induced higher tracheal swelling than the others, during most of the time of the experiment. Maximum swelling of tracheal mucosa occurred at the thirdday after vaccination. At that time, La Sota and Ulster had the same virulence, and both caused higher swelling of tracheal mucosa than VG-GA strain.
A virulência das amostras de vacinas lentogênicas La Sota, Ulster e VG-GA do vírus da doença de Newcastle (VDN) foi determinada por análise morfométrica da espessura da traquéia de galinhas (n=12) de 45 dias de idade, livres de anticorpos anti-VDN, vacinadas por via intra-traqueal. As traquéias foram avaliadas 1, 2, 3, 4, 6 e 8 dias pós-vacinação. A amostra La Sota induziu maior espessamento da traquéia no decorrer de todo período experimental. Ao terceiro dia pós-vacinação, período em que as traquéias se apresentaram mais espessas, as amostras La Sota e Ulster não diferiram em sua virulência, sendo ambas mais virulentas do que a amostra VG-GA, induzindo maior espessamento de traquéia e causando lesões histológicas mais severas.
Biblioteca responsável: BR68.1