Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ADAPT(tm) trocar use for laparoscopic procedures in equidea

Teixeira, P.P.M.; Silva, M.A.M.; Coutinho, L.N.; Barros, F.F.P.C; Coelho, C.M.M.; Mariano, R.S.G.; Vrisman, D.P.; Borges, L.P.B.; Taira, A.R.; Bonato, D.V.; Tironi, S.M.T.; Vicente, W.R.R..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-447913

Resumo

O objetivo deste trabalho é descrever o uso do trocater modelo Adapt(tm) no acesso laparoscópico em animais da família dos equídeos. O procedimento cirúrgico foi realizado em 15 equídeos (quatro jumentas, seis cavalos e cinco éguas), com peso médio de 320kg (290kg e 450kg, pesos máximo e mínimo, respectivamente). Os pacientes foram mantidos em posição quadrupedal, sob sedação e bloqueio local. Primeiramente, realizou-se o preparo asséptico, e o acesso foi feito pelo flanco direito ou pelo esquerdo, dependendo da estrutura a ser visualizada. Em todos os procedimentos, foi utilizado o trocater modelo Seal AdaptTM Ports (Teleflex Medical Introduces TautTM, USA), com diâmetro de 12mm. Inicialmente se fez uma incisão de pele de aproximadamente 15mm para inserção da ponta do trocater. Este foi inserido na ferida cirúrgica, realizando-se movimentos de 180º em sentido horário e anti-horário, até atingir a cavidade abdominal. Após esta etapa, o obturador do trocater foi retirado, e a ótica inserida para confirmar o acesso à cavidade abdominal. A síntese das camadas superficiais da muscular foi realizada com fio nylon nº 0, em um padrão Sultan, e posteriormente a dermorrafia, também com nylon nº 0, no padrão de Wolf. O equipamento apresentou eficiência nos procedimentos de dissecação das camadas subcutânea, musculares e peritônio, não ocorrendo significativa hemorragia nessas camadas. Em um paciente muar, ocorreu afastamento do peritônio parietal, e em alguns casos (40%) ocorreu pequeno enfisema subcutâneo no pós-cirúrgico. Todos os pacientes apresentaram boa cicatrização da ferida cirúrgica. O trocater modelo AdaptTM mostrou-se eficiente na abordagem laparoscópica em equinos, apresentando segurança em se estabelecer o acesso e versatilidade no emprego de diversos instrumentais.
Biblioteca responsável: BR68.1