Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

DESCRITORES EM CIÊNCIAS DA SAÚDE NAS TESES E DISSERTAÇÕES DE MESTRADO, NA ÁREA DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Rosas, Patrícia; Alberto Guimarães, Carlos; Felippe Júdice, Luiz; Alberto de Castro Ferreira, Carlos; Benetti Marques Válio, Else.
Acta cir. bras.; 14(1)1999.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448057

Resumo

The process of indexing consisted of two phases: firstly, to identify and represent the intellectual contents of a document; and secondly, the translation of the subject analysis into a specified languague, with the aid of subject headings. At the Instituto de Doenças do Tórax da UFRJ medical library, the indexing of biomedical journals and theses was performed through a controlled vocabulary - the DeCS (Subject Headings on Health Sciences). The purpose of this study was to identify if the authors of Master Degree thesis on respiratory diseases were using the DeCS for indexing. The subject headings of 29 Master theses from 1990 through 1996 were studied. The data collection showed that 29 authors employed 101 subject headings (3,48 headings/author). Four (14%) of authors utilized adequate subject headings from the DeCS. In conclusion: fourteen per cent of authors of Master theses on respiratory diseases employed correctly the subject headings.
O processo de indexação consiste em duas fases: primeira, identificar e representar o conteúdo intelectual de um documento; segunda, traduzir a análise do assunto para uma linguagem específica, utilizando descritores. Na biblioteca do Instituto de Doenças do Tórax da UFRJ, a indexação de periódicos biomédicos e teses era realizada por meio de um vocabulário controlado - DeCS (Descritores em Ciências da Saúde). O objetivo desta pesquisa era identificar se os autores das teses de Mestrado em doenças respiratórias estavam usando o DeCS para indexar. Os descritores de 29 teses de Mestrado de Tisiologia e Pneumologia, de 1990 a 1996, foram estudados. A coleta de dados evidenciou que 29 autores empregaram 101 descritores (3,48 descritores/autor). Quatro (14%) dos autores utilizaram adequadamente os descritores do DeCS. Em conclusão: catorze por cento dos autores de teses de Mestrado empregaram corretamente os descritores.
Biblioteca responsável: BR68.1