Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Tumores da córtex da supra-renal: o uso do p53 na diferenciação entre carcinomas e adenomas

A. R. Falconi, Rodrigo; C. P. Martins, Antonio; A. L. Velludo, Maria; Tucci Jr, Silvio; J. Cologna, Adauto; J. Suaid, Haylton; G. Carlotti Jr, Carlos.
Acta cir. bras.; 152000.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448176

Resumo

A marcação imunohistoquímica da proteina p53 foi estudada em tumores da adrenal conservados em formol ou em blocos de parafina, pelo método da avidina-biotina-peroxidase com recuperação antigênica. Foram estudados 24 carcinomas e 26 adenomas com o objetivo de verificar se o marcador mostrava capacidade de distinção entre eles. Em 62,5% dos carcinomas a marcação foi positiva enquanto que nos adenomas foi de 15,4%, diferença essa estatisticamente significante (p=0,0003). A sensibilidade, especificidade e valor preditivo positivo desse marcador para o diagnóstico do câncer foram, respectivamente: 83,3%, 71,8% e 62,5%. Não houve relação entre o índice de marcação e outros parâmetros clínicos, como peso do tumor, estádio local, recidiva e metástases. Os autores concluem que o marcador é útil no diagnóstico diferencial de massas da adrenal, mas não tem relação com a agressividade biológica da neoplasia maligna.
Biblioteca responsável: BR68.1