Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

AVALIAÇÃO DOS GÂNGLIOS REGIONAIS NO CARCINOMA EPIDERMÓIDE DO PÊNIS (CEP) ATRAVÉS DE UM ÍNDICE DE RISCO

J. Cologna, A.; M. Faria, S.; C. P. Martins, A.; J. Suaid, H.; Tucci Jr., S.; B. Reis, R..
Acta cir. bras.; 162001.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448296

Resumo

The aim of this study was to investigate the predictive value of a risk index (RI) based on tumor pT stage and grade on the prognosis for inguinal lymphactic metastasis. We included 53 patients bearing schamous cell carcinoma of the penis (SCCP) treated by penectomy at the Hospital das Clínicas da FMRP-USP from 1978 to 1995. Age range varied from 32 to 97 years. Tumor grading was determined according to Broders method and staging by 1999 TNM system. RI was calculated by the sum of pT stage and grade (RI = pT+G). Bilateral inguinal lymphdenectomy was carried out within 6 weeks the penectomy in 14 patients cN+ at the presentation. The remaining 36 cases were kept under surveillance. In 9 of these patients required a delayed regional lymphadenectomy due to nodal relapse (median follow-up: 9 months). Proportions of pN0 patients according to RI were: 92% - 2, 80% - 3 and 0% - 6. The proportion of pN+ patients with a pooled RI of 4, 5 and 6 was significantly higher than that seen in pooled cases with lower RI (p = 0,004). From 36 patients initially cN0, 27 were RI 2 or 3 ( 5 of them progressed later on to pN+ , 19%) and 9 were RI ³ 4 (3 of them had progression to lymphatic spread, 33%). But, the difference observed in cN0 patients was not significant (p = 0,3). In conclusion, patients with RI ³ 4 were at higher risk of nodal spread when the overall sample was at stake, but this cutoff level for RI had no predictive value for the patients that were initially cN0.
O objetivo desse estudo foi investigar a validade de um índice de risco (IR) no prognóstico de metástases ganglionares no carcinoma epidermóide do pênis (CEP). Foram analisados 53 pacientes com CEP atendidos no Hospital das Clínicas da FMRP-USP, de janeiro de 1978 a dezembro de 1995. A idade variou de 32 a 97 anos. Os tumores foram graduados de acordo com a classificação de Broders e estadiados retrospectivamente (TNM 1999). O IR foi determinado pela soma de TeG (IR = T+G). A linfadenectomia inguinal bilateral (LD) foi indicada naqueles que apresentaram gânglios suspeitos após a antibioticoterapia ou que vieram apresentar alterações durante o período de observação. Faleceram 17 pacientes; A LD foi realizada em 14 pacientes e os 39 restantes permaneceram em observação clínica, sendo que em 8 deles foi feito LD após tempo mediano de 9 meses. Dos pacientes com índice de risco 2 e 3 92% e 80% respectivamente não apresentavam metastase ganglionar, ao passo que a totalidade daqueles com IR=6 tinha gânglios comprometidos. A associação dos grupos 2 e 3, comparada ao conjunto 4, 5 e 6, mostrou percentual maior de comprometimento nestes últimos (p = 0,0046). Dos 36 pacientes inicialmente No, 27 apresentavam IR 2 ou 3, dos quais 5 evoluíram para N+ (19%); os 9 restantes eram IR > 4 e 3 também evoluíram para N+ (33%). Apesar da diferença, não houve significância estatística entre eles (p = 0,3837). Embora tenha ocorrido maior comprometimento naqueles com IR > 4, o índice de risco não foi capaz de identificar previamente pacientes que evoluíram para N+.
Biblioteca responsável: BR68.1