Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Pig liver sectorization and segmentation and virtual reality depiction

José Zanchet, Dinamar; Frasson de Souza Montero, Edna.
Acta cir. bras.; 17(6)2002.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-448384

Resumo

OBJECTIVE: To determine pig liver sectorization and segmentation through the representation of their correlation to portal and hepatic veins, and through the development of virtual reality (VR) animation. METHODS: Twenty models were obtained by injection of portal and hepatic veins from Landrace pig livers with a methyl methacrylate solution, and by corrosion of the hepatic parenchyma with chloride acid 35%. VR animation of one of these models was conducted through graphic software (3D Studio Max 3.0). RESULTS: Constant presence of eight segments and six venous drainage sectors was observed. Pig portal vein bifurcation was not noticed. Hepatic veins were named according to their embryological origin. Correlation between venous system and hepatic parenchyma was established by means of VR animation. CONCLUSION: These models facilitated both the study of pig hepatic sectors and segments, and the proposal of hepatic veins nomenclature. These models have also been used for the development of VR animated models which show the correlation between the hepatic parenchyma and the pig liver venous system as well as the observation of them from several points of view.
OBJETIVO: Determinar a setorização e a segmentação do fígado do suíno da raça Landrace, apresentando a sua relação com a veia porta e com as veias hepáticas, e desenvolver uma animação em realidade virtual. MÉTODOS: Foram obtidos 20 moldes por meio de injeção de uma solução de metil metacrílico nas veias hepáticas e porta, e corrosão do parênquima hepático com ácido clorídrico a 35%. Um desses moldes serviu como base para se desenvolver uma animação em realidade virtual do órgão utilizando-se o programa de computação gráfica 3D Studio Max. RESULTADOS: Observou-se a presença constante de oito segmentos e seis setores de drenagem venosa. Não se constatou uma bifurcação na veia porta do suíno. As veias hepáticas foram nomeadas com base na origem embriológica. Por meio da animação obtida, estabeleceu-se a relação entre o sistema venoso e o parênquima hepático. CONCLUSÕES: Os moldes permitiram o estudo dos setores e dos segmentos hepáticos do suíno, com a proposição de uma nomenclatura das veias hepáticas. Além disso, possibilitaram o desenvolvimento de um molde em realidade virtual, cuja animação mostra a relação do parênquima hepático com o sistema venoso do fígado do suíno e a sua observação por vários ângulos.
Biblioteca responsável: BR68.1