Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Translocação de bactérias marcadas com Tc99 na icterícia obstrutiva em ratos

Suassuna Silvestre de Alencar, Suelene; da Cunha Medeiros, Aldo; Teixeira Brandt, Carlos; Lamartine de Andrade Aguiar, José; Borges Ferreira Rocha, Keyla; Pinheiro da Silva, Marli.
Acta cir. bras.; 172002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448400

Resumo

This study was designed to evaluate the bacterial translocation (TB) from the gastrointestinal tract to visceral organs in rats submitted to laparotomy and common bile duct ligation (CBDL). Four groups of rats were studied: group I (n=10) CBDL; group II (n=10) control or "sham operation"; group III (n=12) CBDL and 99mTc-E.coli and group IV (n=5) control or "sham operation" e 99mTc-E.coli. All the animals were operated with aseptic technic under intraperitoneal anesthesia with pentobarbital sodium (20mg/kg). On 7th postoperative day the animals of groups I and II were killed with a letal dosis of anesthetic and the liver, spleen, mesenteric lynphnodes and lungs were ressecated to microbiological (Agar-blood and Agar-Mac Conkey) and histological examination (H.E. and Masson Trichromic) through morphometric analysis. On 7th postoperative day the animals of III and IV groups were labeled with 99mTc-E.coli gavage and after 24hr they were killed and their organs were ressected. After that, the bacterial radioactivity was measured through an Automatic count of Gama Radioative - model ANSR (Abott Laboratories). The mean bilirrubin levels of the jaundiced rats were significantly higher as compared with the control group. The incidence of bacterial translocation was higher in group I compared with control group (p 0.05). The results showed no significant statistic differences of 99mTc-E.coli distribution between the two groups (p 0.05). However the interactive analyses groups x organs showed significant differences among the jaundiced and control groups to the liver and lungs. The data allow to conclude that in jaundiced rat with ligated bile duct occurred bacterial translocation detectable through microbiological analyses. The model proposed showed no bacterial translocation by the labeled 99mTc technic.
Estudo realizado com o objetivo de avaliar a translocação bacteriana (TB) do tubo gastrointestinal para órgãos viscerais na icterícia obstrutiva. Quatro grupos de ratos foram estudados: grupo I (n=10) ligadura do colédoco, grupo II (n=10) controle ou "sham operation", grupo III (n=12) ligadura do colédoco e gavagem com 99mTc-Escherichia coli e grupo IV (n=5) controle ou "sham operation" e gavagem com 99mTc-E.coli. Usando técnica asséptica e sob anestesia com pentobarbital sódico (20mg/kg), os animais foram submetidos à laparotomia e nos ratos dos grupos I e III foi realizada ligadura do colédoco com fio de seda nº 000. Nos ratos dos grupos II e IV foi feita apenas a manipulação do colédoco com pinça de Adison. Após sete dias, os animais dos grupos I e II foram mortos e ressecados fígado, baço, linfonodos mesentéricos e pulmões para exame microbiológico (meios Agar-sangue e Agar Mac Conkey) e exame histopatológico (coloração H.E. e Tricrômico de Masson) por análise morfométrica. Nos animais dos grupos III e IV, após sete dias, foi administrada por via oral (gavagem) 99mTc-E.coli e após 24h, os ratos de ambos os grupos foram mortos e seus órgãos retirados para contagem da radioatividade em cintilador automático Gama, modelo ANSR (ABBOT). O nível médio de bilirrubina, nos grupos ictéricos, foi significantemente maior do que o do grupo controle. O estudo microbiológico revelou maior incidência de bactérias translocadas no grupo I, comparada ao controle (p 0,05). Os resultados não mostraram diferença significante na captação da 99mTc-E.coli entre os dois grupos. Porém, a análise das interações grupo x órgão mostrou diferença entre os grupos ictérico e controle para os órgãos: fígado e pulmão. Os dados permitem concluir que em ratos ictéricos por ligadura do colédoco ocorreu TB detectável por exame microbiológico. Não ocorreu TB com 99mTc-E. coli no modelo proposto.
Biblioteca responsável: BR68.1