Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aspectos ultra-estruturais das vilosidades intestinais após o clampeamento do pedículo hepático de ratos

Manoel de Camargo, Lázaro; Evêncio Neto, Joaquim; Henrique de Freitas, Silvio; de Jesus Simões, Manuel; de Oliveira Gomes, Paulo; Antônio Sébe, Abrão.
Acta cir. bras.; 18(6)2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448513

Resumo

PURPOSE: To study the ultrastructural of rat intestinal villi (ileum) after total hepatic pedicle clumping for different period of time. METHODS: Forty male rats were divided into four groups of ten animals each. The Sham group was not being submitted to ischemia (control). E1, E2 and E3 group were submitted to 10, 20 and 30 minutes of ischemia, respectively. At the end of the experiment fragments of the ileum were taken off and examined by electromicroscope. RESULTS: Leucocyte infiltration, vascular dilation and electrotransparent areas were observed in intestinal villi of lamina propria of E1 and E2 groups. In reference to group E3 desquamation of epithelial layer, desquamation of intestinal villi and signs of apoptosis were observed. Hemorrhagic areas, dilated lymphatics and blood vessels and lots of leucocytes were observed in lamina propria. CONCLUSION: The clumping of hepatic pedicle provokes esplacnic congestion, time dependent, and to the 30 minutes were epithelial cell desquamation, apoptosis signs and hemorrhage.
OBJETIVO: Estudar a ultra-estrutura das vilosidades intestinais de ratos após diferentes tempos de clampeamento total do pedículo hepático. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos, machos, divididos em quatro grupos de 10 animais cada um. O grupo Sham não foi submetido a isquemia. Os grupos E1, E2 e E3 sofreram isquemia de 10, 20 e 30 minutos, respectivamente. Ao final do experimento, fragmentos do intestino delgado (íleo) foram retirados e processados para microscopia eletrônica de transmissão. RESULTADOS: Nos grupos E1 e E2 observou-se infiltração de leucócitos, dilatação vascular e áreas eletrolúcidas na lâmina própria das vilosidades. Já no grupo E3 observou-se desprendimento do revestimento epitelial, desintegração das microvilosidades e núcleos em apoptose. Na lâmina própria notamos áreas hemorrágicas, vasos sangüíneos e linfáticos dilatados e inúmeros leucócitos. CONCLUSÕES: o clampeamento do pedículo hepático hepático provoca congestão esplâncnica, tempo dependente, sendo que aos 30 minutos se nota desprendimento das células epiteliais, apoptose e hemorragia.
Biblioteca responsável: BR68.1