Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Editoração científica: as duas faces - analógica e digital

Teixeira Brandt, Carlos.
Acta cir. bras.; 19(6)2004.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-448657

Resumo

The Brazilian Association for the Scientific Editors (ABEC) promoted in September, 2004, the III Workshop for the Scientific Editors in Recife, Pernambuco - Brazil. The main focus was in the way that the scientific knowledge needs to be spread out : analogical or digital. However, the financial support for the production and the divulgation of this knowledge was also discussed. In the production it was agreed that it is made in the research institutes; universities and scientific societies. It has been observed a trend towards the electronic management of the publishing steps and the divulgation. Especially because a lower cost and greater facility; if the human resources of the information sciences are available; however, both form of publishing (analogical and digital) are expected to live side by side for some time to come. It was presented an idea of an electronic site for the scientific editors, with the safety of digital certification, where the authors could send their manuscript in an easier way. The scientific paper selection would be made by the editorial board of several scientific journals, which would provide some orientation for the authors in how to improve those manuscripts. It is hoped that this approach would allow an increase in the divulgation of science, especially the one produced in the university post graduation courses. It was evident, throughout the meeting the essentiality of the knowledge production as basic element for the evolution of the human society.
A Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) promoveu, em setembro de 2004, o III Workshop de Editores Científicos em Recife. O enfoque principal foi sobre a forma de divulgação do conhecimento científico: analógico ou digital. Contudo, foram também discutidas as formas de financiamento da produção e divulgação desse conhecimento. A importância maior na produção do conhecimento esteve associada aos institutos de pesquisa, as universidades e as sociedades científicas. Tem sido observada uma tendência ao aumento no gerenciamento eletrônico da editoração e a informatização da divulgação; sobretudo pelo menor custo e maior facilidade; se os recursos humanos das ciências da informação estiverem disponíveis, todavia, a convivência da formatação analógica e digital é esperada por bastante tempo. Foi apresentada a idéia de um sítio eletrônico dos editores, com certificação digital, para que os autores da produção do conhecimento pudessem, com mais facilidade enviar os seus manuscritos. A seleção pelo corpo editorial das revistas desses manuscritos e a participação do corpo editorial na orientação da elaboração dos mesmos foi enfatizada. Essa atitude poderia aumentar a publicação do conhecimento produzido, particularmente daquele advindo dos programas de pós-graduação das universidades. Durante todo o evento ficou evidente a essencialidade da produção do conhecimento como elemento básico de evolução da própria sociedade humana.
Biblioteca responsável: BR68.1