Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Características, uso agrícola atual e potencial das Várzeas no estado do Amazonas, Brasil1

da Silva CRAVO, Manoel; Jackson . . XAVIER, José; Costa DIAS, Miguel; Ferdinando BARRETO, João.
Acta amaz.; 32(3)2002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-449928

Resumo

In this work we try to stand out the main characteristics of the floodplains that occur in the Brazilian State of Amazonas, and its influences on the agricultural activities, based on works developed in that ecosystem. In Amazonas State two great ecosystems arc differentiated: "Terra Firme" (highland) and "Várzeas" (floodplain). "Terra Firme" is a generic term, used to designate local that don't suffer floods provoked by the rivers. The term "Várzea" designate areas at the margins of the rivers of "loamy" or "white" water , subject to periodic floods caused by those rivers. By means of the floods of the "Várzeas" new contributions of sediments are registered, particularly to the margins of the rivers of "white" water as the Solimões river. In the margins of the rivers of clear and black water, there is not "Várzeas" formation. The ones that are formed are by influence of the rivers of "white" water, and they are less fertile. The "Várzeas", due to present soils of higher fertility, are intensively used for agricultural purpose, in the period that are not flooded. The productivity of the crops in the "Várzeas" are higher than that in "Terra Firme" but, in the continuous cultivation, without flood of the rivers, the productivity of crops decay. One of the main factors that limits the continuous use of the "Várzea" areas is the high occurrence of weeds. The distance of the consuming markets is a factor that should be considered, when of the planing of use of the "Várzeas" for agricultural purpose.
Neste trabalho procura-se destacar as principais características das várzeas que ocorrem no Estado do Amazonas e suas influências sobre as atividades agrícolas, tomando-se como base trabalhos desenvolvidos nesse ecossistema. No Amazonas são diferenciados dois grandes ecossistemas: "terra firme" e "várzeas". Terra firme é um termo genérico, usado na Amazônia, para designar locais que não sofrem inundações provocadas pelos rios. O termo "Várzea" é utilizado para designar áreas situadas às margens dos rios de água "barrenta" ou "branca", sujeitas a inundações periódicas causadas pelos rios. Essas enchentes contribuem anualmente com novos depósitos de sedimentos, oferecendo uma camada de solo novo e fértil, às margens do rio Solimões e afluentes. Nas margens dos rios de água clara ou preta, não há formação de várzeas. As que se formam às margens desses rios são por influência dos rios de água barrenta e são menos férteis do que aquelas que ocorrem às margens desses rios. As várzeas, por apresentarem solos de fertilidade mais elevada, são intensivamente utilizados para fins agrícolas, no período em que não estão inundadas. As produtividades das culturas nesse ecossistema são mais elevadas do que nas terras firmes mas, o cultivo contínuo, sem inundação dos rios, leva a decair essa produtividade. Um dos principais fatores limitantes para o uso contínuo da várzea é a infestação por ervas daninhas. A distância dos mercados consumidores é um fator que deve ser considerado, quando da definição da utilização das várzeas, para fins agrícolas.
Biblioteca responsável: BR68.1