Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Vegetação da área de proteção ambiental Jabotitiua-Jatium. Município de Viseu, Pará, Brasil

Ubiratan M. dos Santos, João; Dantas do Amaral, Dário; de Sousa Gorayebe, Inocêncio; de Nazaré do C. Bastos, Maria; de S. Secco, Ricardo; Vilar Costa Neto, Salustiano; Cristina Torres Costa, Denise.
Acta amaz.; 33(3)2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-449991

Resumo

The Jabotitiua-Jatium Protected Area comprises 14.25 ha in the Municipal District of Viseu in northeast Pará. The area was established by municipal law 002/98 on 7 April 1998 in order to protect a representative sample of coastal Amazonia, including an important nesting site of the endangered scarlet ibis (Eudocimus ruber L.). The objective of this study was to provide floristic information useful for developing a management plan for the area. Four habitat types were found to occur in the area: mangrove, savanna?, mixed palm-forest, and sandy coastal. A Rapid Ecological Assessment (AER) of the area identified 141 species of angiosperms in 61 families. The mixed palm-forest, with 66 species, is the most species-rich habitat. Only four species occur in the mangrove, the most depauperate habitat. The three dominant families are the Fabaceae (15 spp.), Cyperaceae (10 spp.), and Rubiaceae (10 spp.), which, combined, account for 24.82% of the total species occurring in the protected area. Forty-eight species are terrestrial herbs, 38 shrubs, 34 trees, 13 lianas, 5 stem, and 3 epiphytes.
A Área de Proteção Ambiental Jabotitiua-Jatium, localiza-se no município de Viseu, Nordeste do Pará, ocupando uma área de 14.25 ha, sendo criada através da lei municipal n.º 002/98, de 07 de abril de 1998, visando a proteção de um trecho representativo e preservado do litoral paraense, abrigando um espetacular ninhal de guarás (Eudocimus ruber L.), ave costeira que encontra-se na lista oficial da fauna em extinção no Brasil. Objetivando auxiliar o plano de manejo ambiental desta APA, o estudo em questão identificou quatro tipos de ambientes, classificados em Mangue, Campo Natural, Floresta Mista com Palmeiras e Restinga. Utilizando-se a metodologia da Avaliação Ecológica Rápida (AER), foi identificado um total de 141 espécies, representantes de 61 famílias. O maior número de espécies corresponde à Floresta Mista com Palmeiras, apresentando 66 representantes, e a menor representatividade diz respeito ao mangue, com apenas quatro espécies. Fabaceae (15), Cyperaceae (10) e Rubiaceae (10), destacaram-se em número de espécies, correspondendo, juntas, a 24,82% do total das espécies registradas. As ervas representam a maioria (48) quanto a forma de vida, seguida dos arbustos (38), árvores (34), Lianas (13), estipe (5) e epífitos (3).
Biblioteca responsável: BR68.1