Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fauna de coleópteros aquáticos (insect: coleoptera) na Amazônia central, Brasil

João Benetti, Cesar; Hamada, Neusa.
Acta amaz.; 33(4)2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-450013

Resumo

In this work, 888 specimens of aquatic Coleoptera were collected in Manaus, Manacapuru and Presidente Figueiredo counties (AM), distributed in 12 families, 50 genera and 88 species or morphospecies. New occurrences in Brasil include the following species of Dytiscidae: Hydrodessus robinae, H. surinamensis, Hypodessus frustrator, Neobidessus confusus, N. spangleri and N. woodruffi. The genera Agaporomorphus (Dytiscidae) and Pronoterus (Noteridae) were reported for the first time in the State of Amazonas, as well as the species P. punctipennis and Suphisellus nigrinus (Noteridae); Agaporomorphus grandisinuatus, Bidessonotus tibialis, Derovatellus lentus,Desmopachria nitida, Hydaticus xanthomelas, Laccophilus tarsalis, Liodessus affinis and Megadytes laevigatus (Dytiscidae). The family Dytiscidae presented the highest richness, with 34 species, followed by Hydrophilidae, with 20 and Noteridae, with 12 espécies. The genera with greatest number of species were Gyretes (Gyrinidae) and Suphisellus (Noteridae) with 6 species, Copelatus (Dytiscidae) and Tropisternus (Hydrophilidae) with 5 species.
Foram coletados 888 exemplares de Coleoptera aquáticos nos municípios de Manaus, Manacapuru e Presidente Figueiredo (AM), de fevereiro de 2000 a agosto de 2002, distribuídos em 12 famílias, 50 gêneros e 88 espécies ou morfoespécies. Novas ocorrências para o Brasil, incluem as seguintes espécies de Dytiscidae: Hydrodessus robinae, H. surinamensis, Hypodessus frustrator, Neobidessus confusus, N. spangleri e N. woodruffi. Os gêneros Agaporomorphus (Dytiscidae) e Pronoterus (Noteridae) são registrados pela primeira vez para o estado do Amazonas, assim como as espécies: P. punctipennis e Suphisellus nigrinus (Noteridae); Agaporomorphus grandisinuatus, Bidessonotus tibialis, Derovatellus lentus,Desmopachria nitida, Hydaticus xanthomelas, Laccophilus tarsalis, Liodessus affinis e Megadytes laevigatus (Dytiscidae). A família Dytiscidae foi a que apresentou maior riqueza, com 34 espécies, seguida de Hydrophilidae, com 20 e Noteridae, com 12 espécies. Os gêneros com maior número de espécies foram Gyretes (Gyrinidae) e Suphisellus (Noteridae) com 6 espécies, Copelatus (Dytiscidae) e Tropisternus (Hydrophilidae), com 5 espécies.
Biblioteca responsável: BR68.1