Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Produção de forragem e valor nutritivo de espécies forrageiras sob condições de pastejo, em solo de várzea baixa do Rio Guamá A HREF="/nt1"> /A>

Maria Acioli de Abreu, Eliana; Rodrigues Fernandes, Antonio; Regina Araújo Martins, Ana; Ewerton Rodrigues, Tarcisio.
Acta amaz.; 36(1)2006.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-450159

Resumo

This paper had the objective of evaluating forage production, the nutritive value through crude protein, and the macro and micronutrient composition of the canarana de Paramaribo (Echinochloa polystachya H.B.K) and the canarana erecta lisa (Echinochloa pyramidalisLam) introduced in floodable areas on low and flat lands of the Guamá river, at Universidade Federal Rural da Amazônia Campus, in Belém (PA). The forage plants had been developed for three years and kept under rotative pasture, before and during the experiment. The experimental design adopted was totally randomized, in a factorial 2x4 (two species and two periods) scheme, with six repetitions. The forage samples were cut 10 cm above the soil using a 0,25 m² as the sample unit. The collection periods were: May (period1), August (period2) and November/2002 (period3) and February/2003 (period4). The aspects analyzed were: fresh mater, dry mater, nitrogen tenor, crud protein, phosphorus, potassium, sodium, calcium, magnesium, manganese, iron, zinc, copper and borum. The availability of forage decreased along with the time of pasture usage. The average tenor of PB, N, P, K e Na, Fe, Zn e Cu was higher at the rainy periods while the tenor of Ca, Mg, S, Mn e B were higher during the dry periods. The canarana erecta lisa showed lower decreasing in dry matter production and higher nutritive value than the Canarana of Paramaribo during the studied periods. However the two forage species showed a expressive reduction in production, this denotes that the pasture period of 12 days and/or the return in each 40 days constitutes an inadequate management.
Este estudo teve os objetivos avaliar a produção de forragem, o valor nutritivo através de proteína bruta e da composição de macro e micronutrientes na canarana de Paramaribo (Echinochloa polystachya H.B.K) e na canarana erecta lisa (Echinochloa pyramidalis Lam), introduzidas em áreas inundáveis de várzea baixa do rio Guamá, Campus da Universidade Federal Rural da Amazônia, em Belém (PA). As forrageiras haviam sido formadas há três anos e mantidas sob pastejo rotativo, antes e durante o experimento. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente ao acaso, em um esquema fatorial 2x4 (duas espécies e quatro períodos), com seis repetições. As amostras de forragem foram cortadas a 10 cm do solo e utilizou-se uma área de 0,25 m² como unidade amostral. As épocas de coleta foram: maio (época1), agosto (época2) e novembro/2002 (época3) e fevereiro/2003 (época4). As características analisadas foram: massa fresca, massa seca, teores de nitrogênio, proteína bruta, fósforo, potássio, sódio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, manganês, zinco, cobre e boro. A disponibilidade de forragem diminuiu com o tempo de uso da pastagem. Os teores médios de proteína bruta, N, P, K e Na, Fe, Zn e Cu foram maiores nas épocas mais chuvosas, enquanto que os teores de Ca, Mg, S, Mn e B foram mais elevados nas épocas menos chuvosas. A canarana erecta lisa apresentou menor decréscimo de matéria seca durante os períodos estudados e maior valor nutritivo, no entanto, a canarana de Paramaribo foi a mais produtiva. No entanto, as duas espécies forrageiras apresentaram uma redução expressiva da produção, sugerindo que o tempo de pastejo de 12 dias e/ou o retorno a cada 40 dias constituíram um manejo inadequado.
Biblioteca responsável: BR68.1