Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Distribuição espacial de insetos aquáticos em igarapés de pequena ordem na Amazônia Central

Fidelis, Luana; Luiz Nessimian, Jorge; Hamada, Neusa.
Acta amaz.; 38(1)2008.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-450329

Resumo

Small streams, at the Biological Dynamics of Fragmented Forest Project - INPA ca. 80 Km north from the city of Manaus (Amazonas, Braszil) , were studied concerning the composition of the aquatic insects communities in different substrates. In each one of the 20 stretches, four samples of the principal biotopes were collected: leaf litter in riffle areas, leaf litter deposited on the botton of the stream, sand and roots/vegetation on marginal banks.The aim of this study were to evaluate the aquatic insect fauna and relate it with specific substrates inside the igarapé. Leaf litter in riffle presented high richness number (106) while sand showed the lowest value (55). Higher similarity values occurred between leaf litter deposited on the botton and marginal roots/vegetation. Lower values occurred between leaf litter in riffle and sand substrates. Some collected taxa were considered indicators of one type of substrate, but there were some taxa that showed no preference. The indicator taxa occurred in riffle litter were found in deposited leaf litter in Southeast streams of Brazil. This indicates the current velocity may be responsible for the community established. The size of the stream is related to the order and flow regime. In this study bigger streams (presenting higher values of flow and order) showed more distinct communities in each substrate than the smaller ones.
Igarapés de pequena ordem, nas reservas do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais - INPA, a cerca de 80 km ao norte da cidade de Manaus, AM foram estudados quanto à composição das comunidades de insetos aquáticos em diferentes substratos. Em cada um dos 20 trechos amostrados, foram coletadas amostras nos quatro substratos principais: folhiço retido em áreas de correnteza, folhiço depositado no leito do igarapé, areia e raízes/vegetação nos barrancos marginais. Este estudo teve como objetivo avaliar a entomofauna aquática e relacioná-la com substratos específicos dentro do igarapé. O substrato com maior número de gêneros foi folhiço retido em áreas de correnteza (106) enquanto areia apresentou o menor número (55). As maiores similaridades ocorreram entre os substratos de folhiço depositado em áreas de remanso e barrancos marginais. As menores similaridades ocorreram entre folhiço retido em áreas de correnteza e areia. Alguns táxons coletados mostraram-se indicadores de um tipo de substrato, enquanto outros estiveram presentes em todos os substratos amostrados. Alguns táxons indicadores de folhas em correnteza foram encontrados em folhiço depositado em áreas de remanso em outros estudos na região Sudeste do país. Isso indica que a velocidade da correnteza pode estar determinando a fauna que ocupa esse biótopo. Igarapés maiores, com maiores valores de vazão e ordem, apresentaram comunidades mais distintas nos diferentes substratos amostrados que os igarapés menores.
Biblioteca responsável: BR68.1