Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ocorrência de resíduos de antibióticos no leite, em fazendas produtoras e no leite pronto para consumo / Occurrence of antibiotic residues in milk, producing farms and ready milk for consumption

Nunes, Mariana Tikuma; D`Angelino, José Luiz.
Hig. alim.; 21(149): 57-61, mar. 2007. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-45424

Resumo

Um ponto fundamental na qualidade do leite é a ausência de contaminantes, como, por exemplo, resíduos de antimicrobianos. A presença de resíduos de antibióticos no leite resulta da aplicação de diferentes substâncias antimicrobianas no efetivo leiteiro, para prevenção ou tratamento de doenças, com destaque para infecções da glândula mamária e as doenças do trato reprodutivo. As razões para se fazer o controle de resíduos de antibióticos no leite incluem a possibilidade desses resíduos causarem reações alérgicas nos consumidores e provocarem o surgimento de resistência bacteriana, além de ser também um problema econômico, interferindo nas culturas lácteas utilizadas na fabricação de derivados. Os limites máximos permitidos (LMP) para resíduos de drogas para uso veterinário em alimentos são determinados pelo Codex Alimentarius, da FAO (Food and Agriculture Organization, as ONU), e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Para a detecção de antimicrobianos no leite, testes microbiológicos, rápidos e de grupos específicos são comumente aplicados, que se baseiam na inibição do crescimento bacteriano, em reações imunológicas ou enzimáticas e na separação, identificação e quantificação do antimicrobiano por meio de técnicas de cromatografia gasosa ou líquida. Foram utilizadas 20 propriedades produtoras e 30 amostras de leite pronto para consumo no Estado de São Paulo. Para a detecção dos resíduos de antibiótico foi utilizado o teste microbiológico comercial Delvotest® SP para betalactâmicos, cujo princípio é a inibição do crescimento microbiano.(AU)
An important point about milk quality is a free contamination, like a free antibiotics residue. The presence of antibiotics residue in the milk provide of the use of differents kinds of antibiotics on the dairy herd, to prevent ortreatment of diseases, that we can highlights mammary infection and reproductive tract. Many reasons to control residue of antibiotics in milk, includes human allergic reactions, and increase of bacterial resistence, besides a big economic problem to make milk products, that have an interference at bacterial cultures. PML (Permised Maximum Limited) to veterinary drugs residues at food, is determined by Codex Alimentarius, a FAO(Food and Agriculture Organization), and WHO (World Healf Organization).To detect antibiotics in milk, microbiologics test,fast and specific, that is based on bacterial innibition growth; at immunologic or enzimatic reation and duringg separation identification, and quantification process of the antibiotics by gas or liquid cromatografy. On thisproject, we used 20 dairy properties and 30 milk prepared for use samples at São Paulo State. To detect antibiotc residue, we used a commercial microbiologic test (Oelvotest® SP) to detect betalactamics bacterial, that inhibit thebacterial growth. (AU)
Biblioteca responsável: BR526.1
Localização: BR68.1