Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diagnosis of Diabetes mellitus in dogs and management of long term insulin therapy with glycosilated hemoglobin level evaluation / Diagnóstico de Diabetes mellitus na espécie canina e avaliação a longo prazo da terapia insulínica através das concentrações séricas de hemoglobina glicosilada

de Marco, Viviani; Coutinho do Amaral, Ricardo; Marques Jericó, Márcia; Duarte Silva, Ricardo; Maria Simões, Denise.
R. Educ. contin. Med. Vet. Zoot.; 2(2): 23-28, 1999.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-454414

Resumo

Twenty-four dogs, of different ages and breed (mongrels or not) were studied. The objective of the study was to evaluate the efficacy of determining glycosilated hemoglobin for the diagnosis and future monitoring of diabetic dogs. Animals were divided in a control group (12 healthy animals presenting glycemia levels ranging from 80 to 120 mg/dl, during fasting), and a diabetic group (12 animals presenting glycosuria and glycemia levels up to 220 mg/dl during fasting). Glycosilated hemoglobin concentration was determined for all the animals in the beginning of the study and again after three months of insulin therapy. In the beginning of the trial, normal values for 100% of the control group. For the not treated diabetic group high levels were found. After 3 months of insulin therapy, 58,34% of diabetic animal presented satisfactory level of glycosilated hemoglobin and good metabolic and clinical characteristics.
Estudaram-se 24 cães adultos, com diferentes faixas etárias, com e sem raça definida. O objetivo foi avaliar a eficácia da determinação da hemoglobina glicosilada no diagnóstico e futuro monitoramento dos cães diabéticos sob insulinoterapia. Os animais foram divididos em um grupo controle (constituído de 12 animais saudáveis com níveis glicêmicos em jejum entre 80-120 mg/dl), e um grupo de diabéticos(constituído de 12 animais com níveis glicêmicos em jejum acima de 220 mg/dl e com glicosúria).Determinamos as concentrações de hemoglobina glicosilada em todos os animais. Esses valores foram reavaliados nos animais diabéticos 3 meses após o início da terapia insulínica. Os resultados mostraram valores normais em 100% do grupo controle, porém níveis elevados em todos cães diabéticos não tratados. Após 3 meses de tratamento, 58,34% dos cães diabético mostraram valores de hemoglobina glicosilada satisfatórios, além de um bom quadro clínico.
Biblioteca responsável: BR68.1