Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Tratamiento quirúrgico de unión retardada y no-unión de fracturas en perros: revisión de la literatura / Surgical treatment of delayed union and nonunion fractures in dogs: literature review / Tratamento cirúrgico de união retardada e não-união de fraturas em cães: revisão de literatura

Schmaedecke, Alexandre; Lorenzoni Aceto, Marília; Fernandes de Queiróz, Genílson; Cecília Tatarunas, Angélica; Beatriz Cathony Zerwes, Maria; Mastrocinque, Sandra; Ricardo Auada Ferrigno, Cássio.
R. Educ. contin. Med. Vet. Zoot.; 6(1/3): 74-82, 2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-455286

Resumo

Objetivo: Analizar las diferentes formas de tratamiento propuestas, para unión retardada y no-unión de fracturas en canes, considerando la clasificación del proceso, condiciones encontradas y la viabilidad de cada tratamiento. Fuentes Pesquisadas: Se investigó en las bases de datos LILACS, DEDALUS, PUBMED Y el acervo de la Biblioteca de la Facultad de Medicina Veterinaria y Zootecnia de la Universidad de São Paulo, Brasil, en el periodo de junio de 2003 a marzo de 2004. Síntesis de los Datos: Unión retardada y no-unión son eventos patológicos en el proceso de recuperación de fracturas, originarias de varios factores físicos o biológicos que resultan en una inadecuada reparación ósea. Entre sus causas, la más común es sin duda la elección inadecuada del tratamiento originando inestabilidad, pérdida dei aporte vascular y quiebra de la secuencia de los procesos biológicos de cicatrización. Conclusiones: Estudios experimentales y clínicos indican una variedad muy grande de tratamientos, con destaque entre ellos el uso de proteínas osteoinductoras.
Objective: To analyze different proposed treatments for delayed union and nonunion fractures in dogs, taking into consideration process classification, encountered conditions and feasibility of each treatment. Data Sources: LILACS, DEDALUS, PUBMED databases and the bibliographic collection of the Library of the "Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo" (College of Veterinary Medicine and Zootechny from the University of São Paulo), São Paulo, Sp, Brazil, were surveyed during the period comprised from June 2003 to March 2004. Data Synthesis: Retarded union and nonunion are pathological events in fractures repair process, arising out of several physical OI" biological factors that result in an inadequate bone repair. Amongst the causes, no question that the most common is the inadequate choice of treatment, generating instability, loss of vascular provision and breach of the sequence of the healing biological processes. Conclusions: Experimental and clinical studies indicate a large variety of treatments, standing out among them the use of osteoinducting proteins.
Objetivo: Analisar as diferentes formas de tratamento propostas para união retardada e não-união de fraturas em cães, levando em consideração a classificação do processo, condições encontradas e a viabilidade de cada tratamento. Fontes Pesquisadas: Foram pesquisadas as bases de dados LILACS, DEDALUS, PUBMED e o acervo da Biblioteca da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, no período de junho de 2003 a março de 2004. Síntese dos Dados: União retardada e não-união são eventos patológicos no processo de recuperação de fraturas, decorrentes de vários fatores físicos ou biológicos que resultam em uma inadequada reparação óssea. Dentre as causas, sem dúvida, a mais comum é a escolha inadequada do tratamento, gerando instabilidade, perda do aporte vascular e quebra da seqüência dos processos biológicos de cicatrização. Conclusões: Estudos experimentais e clínicos indicam uma variedade muito grande de tratamentos, destacando- se entre eles o uso de proteínas osteoindutoras.
Biblioteca responsável: BR68.1