Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Introduction of legumes into grass pasture / Introdução de leguminosas em pastagens de gramíneas

Barbosa de Mattos, Herbert; Gastão da Cunha, Paulo.
B. Indústr. Anim.; 37(1): 109-114, 1980.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467025

Resumo

Two experiments was trying to determine a good methodology to introduce a forage legume into a decumbent grass sod (Pangolagrass) and a tussock grass sod (Guineagrass) were carried out during 1975 and 1976 at the countries of Bilac and Votuporanga in the State of São Paulo. The legume used was siratro (Macruptylium atropurpureum) that was sown at a rate of 4kg per hectare. The parameters evaluated were: 1) number of plants per square meter 35 days after sowing; 2) percentage of the legume in the mixture, in terms of dry matter yield.Results, at the end of the first year, showed that the best treatments were the ones which included harrowing in the process.
Buscando determinar metodologia adequada para introduzir leguminosas em pastagens de gramíneas já estabelecidas, realizaram-se dois experimentos de campo, em 1975 e 1976, nos municípios de Bilac e Votuporanga (SP),efetuando-se comparações entre métodos de semeadura. A leguminosa utilizada foi o siratro, semeada na base de 4kg/ha de sementes, sendo avaliados os parâmetros seguintes: 1) densidade de plantas aos 35 dias após a semeadura; 2) porcentagem de leguminosa em termos de matéria seca na mistura. Os resultados, ao final do primeiro ano, indicaram diferenças significativas entre os tratamentos, apresentando os melhores resultados aquele em que havia uso de grade.
Biblioteca responsável: BR68.1