Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Growth characteristics and dry matter production of Brachiaria brizantha (Hochst,) Stapf cv. Marandu at different nitrogen levels and clipping frequencies / Características de crescimento de produção de matéria seca da brachiaria brizantha (hochst) stapf. cv. marandu em função de níveis de nitrogênio e regimes de corte

Cláudia Ruggieri, Ana; Favoretto, Vanildo; Braga Malheiros, Euclides.
B. Indústr. Anim.; 51(2): 149-155, 1994.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467199

Resumo

This work was carried out with the aim of studying the effects of three nitrogen levels (0; 33 and 66 kg/ha), three growth periods (12/23/87 until 02/17/88, 01/27 until 03/24/88 and 03/03 until 04/24/88) and four clipping frequencies (14, 28, 42 and 56 days) on the leaf area index, relative growth caracteristics, tiller density, dry matter production and leaf percentage and production of Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf cv. Marandu. Data were analysed according to a split-splitplot design, with two replications. In the plots it was studied the N levels; the growth periods in the sub-plots, and the clipping frequencies in the sub-subplots. Mean values, except for leaf percentage, showed that the characteristics evaluated were not effected (P>0.05) by nitrogen levels. Increasing cuting intervals decreased (P 0.05) the relative growth rate that were 0.406 and 0.033 g/g/day, in the 14 and 56 days, respectively. Plants clipped in the minor frequency (14 days) showed mean leaf area index values of, 3.9 increasing up to 6.2 at the 42 days frequence. Data showed that the regrowth of Brachiaria brizantha cv. Marandu was more efficient when the plants were cut at intervals of 28 or 42 days of vegetative growth.
O objetivo deste trabalho, realizado em Jaboticabal, S.P., foi estudar a influência de três níveis de nitrogênio (0; 33 e 66 kg/ha de N) três períodos de crescimento (23/12/1987 a 17/02/1988; 27/01 a 24/03/1988 e 03/03 a 28/04/88) e quatro intervalos de corte (14, 28, 42 e 56 dias) sobre o índice de área foliar, taxa de crescimento relativo, densidade de perfilhos, produção de matéria seca total e produção e % de folhas, da Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf cv. Marandu. O delineamento experimental adotado foi de parcelas sub-subdivididas onde, nas parcelas, foram estudados três níveis de nitrogênio, nas sub-parcelas, três períodos de crescimento e nas sub-subparcelas, quatro intervalos de corte. Na média dos tratamentos, com exceção da % de folhas, os resultados revelaram que não houve efeito (P>0,05) dos níveis de nitrogênio sobre as variáveis avaliadas. O aumento do intervalo entre cortes das plantas resultou em diminuição (P 0,05) da taxa de crescimento relativo, cujos valores médios foram de 0,406 e 0,033 g/g/dia aos 14 e 56 dias de idade, respectivamente. Plantas cortadas com maior freqüência (14 dias) revelaram valores médios de índice de área foliar de 3,9, que aumentou sucessivamente até aos 42 dias de crescimento para 6,2. Nas condições do presente ensaio, a recuperação do capim Marandu foi mais eficiente quando manejado a intervalos de corte de 28 e 42 dias de
Biblioteca responsável: BR68.1