Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation the performance of crossbred Purunã bovines, fed with different energy levels / Avaliação do desempenho de bovinos mestiços Purunã, alimentados com diferentes níveis de energia

Karinne Neiva de Lima Rodrigues, Kathylisiée; Rossi Júnior, Paulo; Luiz Moletta, José; Bonato Muraro, Gisele.
B. Indústr. Anim.; 64(3): 241-247, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467469

Resumo

This study evaluated the performance of 24 crossbred animals ½ Purunã/Canchim, fed with different levels of energy in their diets. The animals had been confined for 84 days, with initial average age of 18 months. The animal initial average weight was of 272kg for the light group and of 373kg for the heavy group. The treatments were the energy level, as: T1= 70.5%TND; T2 = 67.0%TND and T3= 64.0%TND, with eight replications, for four light animals and for four heavy animals. The fed were mainly corn silage, soybean meal; corn; urea; dicalcium phosphate and a mineral nucleus. During the experimental period they had been evaluated by the average of gain weight, dry matter intake and the feed conversion. The analyses demonstrate that dry matter intake and concentrate increased linearly (P 0.05) with the increase of energy in the higher bigger intake for the lower level of energy of the diet (64.0%TND). The feed conversion was efficient (P 0.05) for the highest level of energy of the diet (70.5%TND). It had effect of the treatments on the daily gain weight , final and total weight average (P 0.05).
Este estudo avaliou o desempenho de 24 animais mestiços ½ Purunã/Canchim, alimentados com diferentes níveis de energia nas dietas. Os animais foram confinados por 84 dias, com idade média inicial de 18 meses. O peso médio inicial foi de 272kg para o grupo dos animais leves e de 373kg para o grupo de animais pesados. Os tratamentos estavam dispostos de acordo com o nível de energia, sendo: T1= 70,5%NDT, T2 = 67,0%NDT e T3= 64,0%NDT, com oito repeti ções por tratamento, sendo quatro com animais leves e quatro com animais pesados. A alimenta ção constituiu de silagem de milho, farelo de soja, milho grão, uréia, fosfato bicálcico, núcleo mineral. Durante o período experimental foram avaliados o ganho de peso médio diário, o consumo de matéria seca e a conversão alimentar. A análise dos dados demonstrou que o consumo de matéria seca e de concentrado aumentou linearmente (P 0,05) com o aumento de energia na dieta. O consumo de volumoso apresentou diferença estatística nos tratamentos (P 0,05) com maior nível de consumo para o tratamento de menor nível de energia da dieta (64,0%NDT). A conversão alimentar mais eficiente foi (P 0,05) para o maior nível de energia da dieta (70,5%NDT). Houve efeito dos tratamentos sobre os ganhos de peso médio diário, peso médio final e peso total (P 0,05).
Biblioteca responsável: BR68.1