Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of the ionophore ICI 139603 on growth rate and feed conversion in Zebu / Efeito do ionóforo ICI 139603 no desempenho e conversão alimentar de novilhos zebu alimentados com gramíneas tropicais

Luchiari Filho, Albino; Boin, Celso; Fernando Alleoni, Guilherme; Roberto Leme, Paulo.
B. Indústr. Anim.; 47(2): 169-172, 1990.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-467739

Resumo

The effect of the ICI 139603 ionophore on the performance of Zebu steers was evaluated on this trial utilizing two treatments: A) control and B) 0.1 mg/kg LW of ICI 139603. Fifty four 27 month old Nellore steers were grouped based on live weight and weight gain on a 3 week pre-trial period. The basal diet consisted of chopped Guinea grass ad libitum plus 0.5 kg of soybean meal and ground corn (0.37% of the live weight). The ICI 139603 additive was mixed with the ground corn on treatment B. Dry matter intake was not affected by the additive (P >0.05), but daily weight gain was greater (P 0.01) for the animals receiving it (0.585 and 0.655 kg for treatments A and B, respectivelly). Consequently, feed conversion was improved (P 0.01) by the additive (in the same order above, 14.66 and 13.12 kg DM/kg LWG). The concentration of propionic acid in the ruminal liquid was increased by the additive. The improvement of feed conversion was 10.5% and the weight gain 12.2% higher than the control group of cattle.
O efeito do ionóforo ICI 139603 no desempenho de novilhos azebuados foi avaliado num experimento conduzido em Nova Odessa, SP. O experimento consistia de dois tratamentos: A- controle e B- ionóforo (0,lmg do composto ativo por kg de peso vivo). Foram selecionados 54 novilhos nelore com 27 meses de idade e agrupados com base no peso vivo e no ganho de peso durante período pré-experimental de 3 semanas. A dieta basal era constituída de capim colonião picado, à vontade, 0,5 kg de farelo de soja e quirera de milho à base de aproximadamente 0,37% do peso vivo. No tratamento B, o milho foi utilizado como veículo para o ionóforo. A ingestão de matéria seca não foi afetada pela adição de ionóforo na dieta (P> 0,05). Por outro lado, o ganho de peso diário foi maior (P 0,01) para os animais que receberam o ionóforo (0,585 e 0,655 kg/cab/dia, para os tratamentos A e B, respectivamente). O grupo tratado, apresentou uma conversão alimentar melhor (P 0,01) (na mesma ordem, 14,66 e 13,12 kg MS/kg ganho). A concentração e a proporção de ácido propiônico no fluido ruminal também foram aumentadas pela utilização do ionóforo. O aumento médio no ganho de peso e melhora na conversão alimentar ocasionados pelo tratamento foram de 12,2% e 10,5% respectivamente.
Biblioteca responsável: BR68.1