Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Reproductive implication of mosaicism 59,X0/60,XX/61,XXX in bovine / Implicação reprodutiva do mosaicismo 59,X0/60,XX/61,XXX em bovinos

Maria Ladeira Pires, Rita; Cristina Regis Liguori, Ana; Herrera Alvarez, Rafael; Andrade de Figueiredo, Leopoldo; Maschio, Wagner.
B. Indústr. Anim.; 56(1): 85-88, 1999.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467837

Resumo

Different numerical and structural chromosomal aberrations have been observed in cattle. Some of these chromosomal anomalies, such as XX/XY chimerism; X trisomy; mosaicism and Robertsonian translocation are associated with reproductive problems. The present study aimed to characterize the incidence of chromosomal alterations in cows used as embryo donors. Karyotypes of 63 Bos indicus and Bos taurus cows of different age and parity, maintained in uniform management conditions, were analyzed. The karyotype study was performed by means of metaphase analysis obtained after lymphocyte culture. Approximately 25 cells from each animal were analyzed and the diploid number 2n=60 was found in 62 animals. The karyotype analysis by conventional staining in 652 cells of the remaining animal showed the existence of 59,X0/60,XX/61,XXX mosaicism with the following percentages: X0 (1.23%), XX (97.85%) and XXX (0.92%). In a second culture using R-banding by 5-bromodeoxyuridine (BrDU), the same cell lineages were found in a 1:124:1 ratio, respectively. The animal carrying this karyotype presented a regular estrus cycles, having started 5 pregnancies, producing 3 viable calves, 1 still-born and, on the last pregnancy, a mummyfied fetus of about 6 months. The present information points out that, in the bovine, the chromosomal complement X0/XX/XXX does not occur exclusively in sterile females.
Diferentes aberrações cromossômicas numéricas e estruturais têm sido observadas em bovinos. Muitas dessas anomalias cromossômicas estão associadas a problemas reprodutivos, entre elas quimerismo XX/XY, trissomia do X, mosaicismo e translocação Robertsoniana. O presente trabalho objetivou caracterizar a incidência de alterações cromossômicas em vacas utilizadas como doadoras de embriões. Foram analisados os cariótipos de 63 vacas, sendo 51 da raça Nelore e 12 do tipo Tropical, com diferentes idades e parições, mantidas em condições uniformes de manejo. O estudo do cariótipo foi realizado pela avaliação das metáfases, obtidas após cultura dos linfócitos. De cada animal foram analisadas cerca de 25 células, tendo sido encontrado número diplóide de 2n=60, em 62 animais. Uma vaca apresentou, na análise de 652 células pela coloração convencional, mosaicismo 59,X0/60,XX/61,XXX na seguinte proporção: X0 (1,23%), XX (97,85%) e XXX (0,92%). Em uma segunda cultura, utilizando bandamento R, por incorporação de 5- bromodeoxiuridina (BrdU), as mesmas linhagens de células foram encontradas na proporção 1:124:1, respectivamente. O animal portador deste cariótipo apresentou ciclo estral normal, tendo iniciado por 5 vezes prenhez, produzindo 3 bezerros viáveis, 1 natimorto e na última gestação um feto mumificado de aproximadamente 6 meses. A presente informação coloca em evidência que, em bovino
Biblioteca responsável: BR68.1