Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of genetic group of bovine crossbreeding Holsstein Gyr on the females weight gain at different ages / Efeito do grupo genético de bovinos mestiços da raça Holandesa versus Gir sobre o ganho de peso de fêmeas em diferentes idades

Balieiro Neto, Geraldo; Joaquim Ferreira, José; Cristina Paro de Paz, Cláudia.
B. Indústr. Anim.; 64(2): 97-105, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-468046

Resumo

The objective of this work was to evaluate the influence of the genetic group of crossbreeding from birth up to 330 kg of liveweight on the average daily gain (ADG). The herd was constituted by crossbreeding Gyr Holsteins animals and the crossing system was rotational crossings with repetitions of Holstein sires. The data used was collected in the herd during 6 years. Analyses of variance were carried out by the least square method, with models wich included the effects of year, seasons of calving, genetic group and their interactions. Females were assigned to genetic groups according to percentage of Holstein in their breed composition: G1 (53 to 62.5), G2 (62.5 to 81) and G3 (84 to 94). Animals were weighted monthly and the ADGs were calculated from birth to 2 months, from 2 to 6 months, from 6 to 12 months and from 12 months to 330kg of liveweight. There were no effects of genetic group (P > .05) on the ADG from birth to 2 and from 2 to 6 months of age. There was no interaction between the genetic group and season of birth. Considering animals from 6 to 12 months of age, the genetic group by season interaction was significant (P .05): animals G1 born from October to March had higher daily gain than animals born from March to September. Considering animals from 12 months of age to 330kg of liveweight, there was significant difference between ADG within different genet
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de diferentes grupos genéticos sobre o ganho de peso diário de novilhas do nascimento até 330 kg de peso vivo. O rebanho era constitu- ído por animais cruzados das raças Holandesa e Gir, sendo praticado o cruzamento alternado com repetição da raça Holandesa. Os dados analisados foram coletados em 6 anos de 1992 a 1997. Análises de variância foram realizadas por intermédio do método dos quadrados mínimos, usando- se modelos que incluíram efeitos de ano, mês de nascimento da bezerra e grupo genético. Os grupos genéticos G1; G2 e G3 foram representados por animais com composição genética entre 53 a 62,5%; 62,5 a 81% e 84 a 94% da raça Holandesa, respectivamente. As pesagens foram realizadas mensalmente e o ganho de peso diário analisados do nascimento aos 2 meses, de 2 aos 6 meses, de 6 aos 12 meses e de 12 meses aos 330kg de peso vivo. Nos períodos do nascimento a 2 meses e de 2 a 6 meses não foi observado efeito do grupo genético sobre o ganho de peso e não houveram interações significativas com a estação do ano em que as bezerras nasceram. No período de 6 a 12 meses houve interação significativa entre grupo genético e ano de nascimento e entre grupo gené- tico e estação do ano, sendo que animais G1 nascidos entre os meses de Outubro a Março ganharam mais peso que animais G1 nascidos no período seco (Abril a Setembro). Na fase de
Biblioteca responsável: BR68.1