Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Chemical characteristics and global density of an eutroferric red latosol cultivated with cover crops in Toledo District, Parana State / Características químicas e densidade global de um latossolo vermelho eutróferrico cultivado com plantas de cobertura em Toledo-PR

Holanda Nozaki, Márcia; Vendrúscolo, Maicon.
Semina Ci. agr.; 31(4): 1245-1252, 2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-470129

Resumo

The expansion of agricultural frontier through deforestation, adoption of mechanization and intensive use of inappropriate management practices, has promoted changes in the physical, chemical and biological properties of the soil, resulting in degradation processes, thus reducing productivity. Based on this, the objective the work was to evaluate the chemical characteristics and the global density of an Eutroferric Red Latosol of the experimental area of the Parana Catholic University, Toledo Campus. The experimental design used was casualized blocks with four replicates, in which the treatments were: millet, hairy vetch and control (spontaneous vegetation). The evaluations were: dry mass production, with the highest amount for millet (7.07 Mg ha¹), global soil density in which the lowest value was under control and the highest in hairy vetch; density of weeds population in which the control treatment had the highest value on; soil chemical characteristics, in which both hairy vetch and millet presented higher results compared to the control, being different in some nutrients, such as phosphorus, potassium and nitrogen.
A expansão da fronteira agrícola através de desmatamentos, adoção de mecanização intensiva e uso de práticas de manejo inadequadas, tem promovido alterações nas propriedades físicas, químicas e biológicas do solo, resultando em processos de degradação, reduzindo desta maneira a produtividade. Com base no exposto, o objetivo do trabalho foi avaliar características químicas e densidade global de um Latossolo Vermelho Eutróferrico, da área experimental da Fazenda da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Campus Toledo, sob tratamentos do milheto (Pennisetum glaucum) e da ervilhaca  peluda (Vicia villosa) como plantas de cobertura. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso com quatro repetições, em que os tratamentos foram: milheto, ervilhaca peluda e testemunha (vegetação espontânea). As avaliações foram de produção de massa seca, na qual o milheto apresentou maior quantidade (7.07 Mg ha¹); densidade global do solo, em que a testemunha apresentou menor valor, enquanto a ervilhaca peluda teve o maior; densidade populacional de plantas daninhas, que foi maior no tratamento testemunha; química do solo, na qual tanto a ervilhaca peluda quanto o milheto apresentaram bons resultados comparados com a testemunha, diferenciando-se em alguns nutrientes, como fósforo, potássio e nitrogênio.
Biblioteca responsável: BR68.1