Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Hematologycal, biochemical, Urinary and histopathological changes in natural intoxication in bovine by bracken fern (Pteridium aquilinum) (L.) Kühn / Alterações hematológicas, bioquímicas, urinárias e histopatológicas na intoxicação natural em bovinos pela samambaia Pteridium aquilnum (L.) Kühn

Kimie Falbo, Margarete; Carlos Faria dos Reis, Antônio; Regina Stipp Balarin, Mara; Paula F. R. L. Bracarense, Ana; Pessoa Araújo Jr., João; Okano, Werner; Eloi Sandini, Itacir.
Semina Ci. agr.; 26(4): 547-558, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-470287

Resumo

Enzootic hematuria is a cronic disease of cows clinically characterized by intermittent hematuria that can be caused by bracken fern (Pteridium aquilinum) and the papilomatosis virus. We describe the clinical and laboratorial abnormalities observed during period of 6 months in naturally affect cows extensively raised in the north region of Paraná State. The animals had low concentrations of total calcium, with normal levels phosphorus and magnesium. Fractional excretion of calcium and phosphorus were increased. Metaplasia and hyperplasia in the epithelium as well as papilomas, hemangiomas, and transitional cell carcinomas were observed histopathologically in the urinary bladder. We were unable to demonstrate any viral presence by imunnohistochemistry and polymerase chain reaction (PCR) of paraffin blocks.
A hematúria enzoótica é uma doença crônica dos bovinos caracterizada clinicamente por hematúria intermitente que pode ser causada pela samambaia (Pteridium aquilinum) e o vírus da papilomatose. Por meio deste estudo verificamos as alterações clínico-laboratoriais em bovinos, mestiços, fêmeas, naturalmente intoxicados pela samambaia, em propriedades rurais de criação extensiva na região norte do Paraná, durante o período de 6 meses. Os resultados mostraram baixo nível plasmático de cálcio, níveis plasmáticos normais para fósforo e magnésio, aumento da excreção urinária fracionada de cálcio e fósforo. Histopatologicamente foram observadas alterações neoplásicas como papiloma, hemangioma e carcinoma de células transicionais além de metaplasia e hiperplasia na bexiga. Provas de imuno-histoquimica e reação em cadeia pela polimerase (PCR) de cortes parafinados mostraram resultado negativo para o agente viral.
Biblioteca responsável: BR68.1