Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aspectos biológicos e epizootiológicos de Parahaemoproteus nettionis (JOHNSTON & CLELAND, 1909) (Haemospordiidea: haemoproteidae) em Pato domestico no Brasil / Aspectos biológicos e epizootiológicos de Parahaemoproteus nettionis (JOHNSTON & CLELAND, 1909) (Haemospordiidea: haemoproteidae) em Pato domestico no Brasil

Hissashi Yamamura, Milton; Maués da Serra Freire, Nicolau; Luiz Massard, Carlos.
Semina Ci. agr.; 8(1): 24-28, 1987.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-471476

Resumo

Infections of Parahaemoproteus nettionis (JOHNSTON & CLELAND, 1909), recorded on the basis of the presence of mature gametocytes, were encountered in Cairina moschata. Biological tests under experimental conditions showed that Culex fatigans is not an efficient transmittor. Due to the poor survival of simulids and ceratopogonids in the laboratory, it was not possible to demonstrate the development of P. nettionis in these probable vectors. Inoculations of blood, or of suspensions of macerated organs from birds known to be parasitised, were inadequate for the transmission of the parasite. Inoculations of cortisone, splenectomy, or a combination of both, are ineffective as methods os aggravating the pathogenicity of P. nettionis.  
O parasitismo por Parahaemoproteus nettionis (JOHNSTON & CLELAND, 1909) foi constatado pela presença de gametócitos maturos em Cairina moschata. Os testes biológicos em condições experimentais mostraram que Culex fatigans não se constitue em um transmissor adequado. Em face das precárias condições de sobrevivência de simulideos e ceratopogonídeos em laboratório, não foi possível demonstrar o desenvolvimento de P. nettionis nestes prováveis vetores. As inoculações de sangue e de suspensão de macerados de órgãos de aves comprovadamente parasitadas não se constituíram em meio adequado de transmissão desta parasitose. As inoculações de cortisona, a esplenectomia e as associações destes dois métodos não constituíram em meios adequados para exacerbar a patogenicidade de P. nettionis.    
Biblioteca responsável: BR68.1