Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Genetic variability of wild populations of Leporinus elongatus in the São Domingos River - MS Brazil: a preliminary view on the construction of the hydroelectric plant / Variabilidade genética de populações naturais de Leporinus elongatus do rio São Domingos, MS - Brasil: uma visão preliminar à construção da usina hidrelétrica

Pereira Ribeiro, Ricardo; del Pilar Rodriguez-Rodriguez, Maria; Carlos Fornari, Darci; Baumgartner, Gilmar; Baumgartner, Dirceu; Pinheiro de Souza, Felipe; Luiz de Castro, Pedro; Rocio Poveda-Parra, Angela; Souza dos Reis Goes, Elenice; Mauricio Lopera-Barrero, Nelson.
Semina Ci. agr.; 37(4): 2427-2436, 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-471700

Resumo

Most of the electricity used in Brazil comes from hydroelectric plants, mainly due to the great availability of its water resources. However, the construction of these plants denotes serious problems related to migration of native fish and the genetic conservation of stocks. Current study evaluates two wild population of Leporinus elongatus (piapara) located downstream (Population A - PopA) and upstream (Population B - PopB) of the Cachoeira Branca before the construction of the São Domingos hydroelectric plant (HPP) in the Mato Grosso do Sul State, Brazil. Thirty samples from caudal fins were collected and analyzed for each population. Eighty-nine fragments, including 72 polymorphic ones (80.9%), were analyzed. Low fragments (less than 0.100) in both populations (PopA = 2 and PopB = 3) were identified. Nine fixed fragments (frequency 1.000) (PopA = 3 and PopB = 6), and four exclusive fragments (PopA = 3 and PopB = 1) were also reported. The genetic variability within populations, calculated by Shannon Index and by percentage of polymorphic fragments, indicated high rates of intrapopulation variability (PopA = 0.309 and 61.80% and PopB = 0.392 and 71.90%, respectively). Genetic distance and identity rates (0.089 and 0.915, respectively) were different between populations, whilst AMOVA showed that most variations lie within the populations and not between them. Fst and Nm rates
A maior parte da energia elétrica utilizada no Brasil provém de usinas hidrelétricas, devido principalmente à grande disponibilidade de recursos hídricos. Contudo, a construção dessas usinas pode representar graves problemas relacionados com a migração de peixes nativos e com a conservação genética dessas populações. O objetivo do presente trabalho foi avaliar duas populações naturais de Piapara (Leporinus elongatus) localizadas à jusante (População A - PopA) e montante (População B - PopB) da Cachoeira Branca no período anterior à construção da usina hidrelétrica (UHE) São Domingos, Mato Grosso do Sul - Brasil. Trinta amostras de nadadeira caudal foram coletadas e analisadas para cada população. No total, foram observados 89 fragmentos dos quais 72 foram polimórficos (80,9%). Foram identificados fragmentos de baixa frequência (menor que 0,100) em ambas as populações (PopA = 2 e PopB = 3). Nove fragmentos fixados (frequência de 1,000) (PopA = 6 e PopB = 3) e quatro fragmentos exclusivos (PopA = 3 e PopB = 1) também foram observados. A variabilidade genética dentro das populações, calculada através do índice de Shannon e pela porcentagem de fragmentos polimórficos mostrou altos valores de variabilidade intra-populacional (PopA= 0,309 e 61,80% e PopB = 0,392 e 71,90%, respectivamente). Os valores de distância e a identidade genética (0,089 e 0,915, respectivamente) mostraram dife
Biblioteca responsável: BR68.1