Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Growth and nitrogen fixation in soybean treated with doses of composted sewage sludge / Crescimento e fixação biológica do nitrogênio em soja cultivada com doses de lodo de esgoto compostado

Figueiredo Lobo, Thomaz; Grassi Filho, Helio; Jurandy Bran Nogueira Cardoso, Elke; de Souza Almeida, Leandro; Nomiyama Junior, Norio.
Semina Ci. agr.; 33(4): 1333-1342, 2012.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-471967

Resumo

The use of sewage sludge is a highly promising practice for the development of sustainable agricultural systems. The objective of this study was to evaluate doses of sewage sludge composted with and without Rhizobium inoculation in leaf N content, nodule number, nodule dry weight and plant during flowering. The experiment was conducted in the greenhouse of the Department of Soil Science and Natural Resources College of Agricultural Sciences of Botucatu, using as substrate used in vessels of 30 liters a Red Yelow Latosol sandy texture with experimental design adopted was randomized blocks constituted for 10 treatments and five doses of composted sewage sludge (0, 10, 20, 30, 40 t ha-1) with or without inoculation Bradyrhizobium japonic with three replications. There was an increase in the number and dry weight of nodules and shoot dry mass of soybeans due to the increase of the dose of sludge up to a dose of 20 t ha-1 and after this dose there was a decrease of these parameters. At a dose of 10 t ha-1 sludge compost inoculated seeds showed higher for foliar concentrations of N and number of nodules compared with uninoculated seeds. At a dose of 30 t ha-1 inoculated seeds were higher compared to uninoculated in all parameters.
A utilização de lodo de esgoto é uma prática altamente promissora para o desenvolvimento de sistemas agrícolas sustentáveis. O objetivo deste trabalho foi avaliar doses de lodo de esgoto compostado, com e sem a inoculação do rizóbio, no teor de N foliar, número de nódulos, massa seca de nódulos e da planta no florescimento. O experimento foi conduzido em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo e Recursos Naturais da Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, utilizando como substrato vasos de 30 litros de um Latossolo Vermelho Amarelo com textura arenosa Foi adotado o delineamento experimental em blocos casualizados constituído por 10 tratamentos, sendo cinco doses de lodo de esgoto compostado (0, 10, 20, 30, 40 t ha-1) com ou sem a inoculação do Bradyrizobium Japonic, com 3 repetições. Houve acréscimo no número e massa seca dos nódulos e na massa seca da parte aérea da soja com o aumento da dose de lodo até 20 t ha-1 e, posterior a esta dose ocorreram decréscimos destes parâmetros. Na dose de 10 t ha-1 de lodo compostado as sementes inoculadas apresentaram superior para os teores foliares de N e número de nódulos comparados com as sementes não inoculadas. Na dose de 30 t ha-1 as plantas provenientes de sementes inoculadas foram superiores em relação a não inoculadas em todos os parâmetros analisados.
Biblioteca responsável: BR68.1