Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diversidade genética de Salminus brasiliensis (Characiformes: Characidae) coletados na escada de transposição da Hidrelétrica de Canoas I, rio Paranapanema, Brasil / Genetic diversity of Salminus brasiliensis (Characiformes: Characidae) collected in the passage ladder of the Canoas I hydropower plant in the Paranapanema River, Brazil

Cristina Gomes, Patricia; Mauricio Lopera-Barrero, Nelson; Vargas, Lauro; Pedro Streit Junior, Danilo; Aparecido Povh, Jayme; Nardez Sirol, Rodolfo; Pereira Ribeiro, Ricardo.
Semina Ci. agr.; 34(3): 1421-1432, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-472320

Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar a diversidade genética de Salminus brasiliensis coletados em três períodos diferentes na escada de transposição da hidrelétrica de Canoas I no rio Paranapanema (Brasil). Os peixes foram coletados no dia 14 (CI14), 18 (CI18) e 25 (CI25) do mês de fevereiro de 2008. Foram avaliados oito iniciadores com a técnica de RAPD. Dos 105 fragmentos amplificados pelos iniciadores, 79 foram polimórficos (75,2%), 32 tiveram diferenças significativas (p 0,05) na frequência, 10 fragmentos tiveram baixa frequência, 25 fragmentos foram excluídos e quatro fragmentos foram fixados. Um fragmento exclusivo foi encontrado em CI14. Observaram-se altos valores de porcentagem de fragmentos polimórficos e índice de diversidade genética de Shannon em CI14 e CI18. O valor de Fst mostrou que existe uma baixa ancestralidade entre os agrupamentos sugerindo uma alta diferenciação genética entre os grupos amostrados. O valor de número de migrantes por geração (Nm) calculado foi baixo nos três grupos, sendo considerado como baixa presença de fluxo gênico. De acordo com a AMOVA, a maior parte da variação genética está dentro de cada grupo e não entre os grupos, sendo confirmado com as estimativas da identidade e da distância genética. Os resultados deste estudo indicam que existe uma alta variabilidade genética e diferenciação genética entre os grupos amostrados.
The aim of this study was to evaluate the genetic diversity of Salminus brasiliensis collected three times in the passage ladder of the hydropower plant Canoas I, in the Paranapanema River (Brazil). Fish samples were collected on 14 (CI14), 18 (CI18) and 25 (CI25) February 2008. Eight primers using RAPD technique were evaluated. Seventy-nine in 105 fragments amplified using these primers were polymorphic fragments (75.2%), 32 had frequencies with significant differences (P 0.05), 10 had low frequencies, 25 were excluded, and four were fixed fragments. One exclusive fragment was found in the CI14 sample. High values for polymorphic fragments and genetic diversity index of Shannon were observed for the CI14 and CI18. Low ancestry levels among the groups were indicated by the FST values that indicated high genetic differentiation. In all the three groups, the estimates of the number of migrants by generation (Nm) indicated low levels of gene flow. Most of the genetic variation was found within the groups through the AMOVA analysis, which was confirmed by the results of the identity and genetic distance. The results indicate high variability within the groups and genetic differentiation among them.
Biblioteca responsável: BR68.1