Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Anestesia em paciente com síndrome do nó doente com piometra: relato de caso

Cosentino Sposito, Guilherme; Francisco Zoltay, Nicolau; Cristina Vieira Tavares, Thaís; Morales Meirelles, Vanessa; Gorios Filho, Antonio; Jader Sant´Ana, Alex; Hage, Raduan.
Acta Sci. vet.; 402012.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-478737

Resumo

Introdução: A disfunção do nó sinoatrial provocando distúrbios de condução é denominada como síndrome do nó doente. Na eletrocardiografia essa disfunção pode ter sua apresentação sob diversas formas como bradicardia, parada atrial (com ou sem complexos de escape), distúrbios de condução atrioventricular, taquicardia supraventricular paroxística ou a combinação dessas arritmias. Os sinais mais comuns são representados por episódios de fraqueza e ou síncope. Este presente relato tem como objetivo reportar a anestesia de uma cadela portadora da síndrome do nó doente com piometra submetida a ovariossalpingohisterectomia (OSH).Caso: Animal canino, SRD, 10 anos, fêmea, diagnosticada com piometra de colo fechado foi encaminhada para cirurgia de OSH. Durante a anamnese, foi reportada uma complicação grave durante um procedimento anestésico realizado por colega há cerca de 1 ano, mas o proprietário não soube informar detalhes. O animal foi internado e o tratamento suporte foi realizado. Ao exame físico o animal apresentava-se alerta, frequência cardíaca (FC) de 55 bpm, eupnêico, 2 segundos de tempo de perfusão capilar, mucosas normocoradas, hidratado, pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) respectivamente de 120, 60 e 80 mmHg (mensuração realizada com monitor Pet Map). Como exames pré- -operatórios foram realizados hemograma, uréia, creatinina, alanino aminotra
Biblioteca responsável: BR68.1