Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Reconstrução da genitália externa lacerada de um cão vitimado por javali

Vives, Patrícia; Silva, Fabio; da Costa Cury, Priscila; Shimitt, Bernardo; Milech, Vanessa; Ricardo Sanches, André; Guilherme Salgado, Luis; Normanton Guim, Thomas.
Acta Sci. vet.; 402012.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-478740

Resumo

Introdução: lesões contusas lacerantes extensas com avulsão de pele, vasos, nervos, músculos e órgãos, são consideradas emergência veterinária uma vez que podem levar ao choque hipovolêmico, septicemia e morte. Os traumas penianos e da bolsa testicular são eventos relativamente raros devido a mobilidade e localização protegida destas estruturas. As lesões traumáticas da uretra constituem contusão, laceração, ruptura e obstrução, e podem ser causadas por acidentes automobilísticos, mordeduras, arma branca e arma de fogo. O diagnóstico dos traumas genitourinários são baseados na história clínica e no exame físico, complementados por uretrografia e exames laboratoriais. O tratamento geralmente é cirúrgico objetivando o reparo anatômico e fisiológico, contudo, na maioria dos casos, este reparo torna-se complicado por fatores como contaminação, comprometimento tecidual e tempo de evolução do quadro.Caso: Um cão macho de 4 anos de idade, sem raça definida, chegou ao hospital de clínicas veterinária/UFPEL apresentando discreto sangramento ativo e extensa exposição de tecidos da região pélvica. O proprietário relatou que o animal havia sido atacado por um javali no dia anterior. Ao exame físico constatou-se mucosas pálidas, taquicardia, taquipneia e prostração. No exame específi co verifi cou-se a genitália externa lacerada, avulsão de pele prepucial e escrotal, secção completa do pêni
Biblioteca responsável: BR68.1