Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Chemical composition of lipids from native and exotic fish in reservoirs of the state of Ceará, Brazil / Composição química de lipídeos de peixes nativos e exóticos presentes em açudes do Ceará, Brasil

Morais, Selene Maia de; Alves, Daniela Ribeiro; Nascimento, José Eranildo Teles do; Cavalcante, Géssica Soares; Vieira-Araújo, Franscisco Marcelo.
Acta Sci. Anim. Sci.; 38(3): 243-247, jul.-set. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-481080

Resumo

Current study analyzes the chemical composition of lipids in fish commonly found in the dams of the state of Ceará, Brazil, namely Pterygoplichthys pardalis (bodó), Hoplias malabaricus (traira), Cichla ocellaris (tucunaré), Prochilodus brevis (curimatã) and Oreochomis niloticus (tilapia). The animals were collected during the summer and Folch extraction procedure was used for the extraction of lipids, whilst Iupac methodology (International Union of Pure and Applied Chemistry [Iupac], 1987) was used to methylate the fatty acids. Methyl esters were analyzed by GC/MS and the different components in fish oil were identified. Palmitic acid, C16:0 (35.71-45.02%), was the saturated fatty acid with the highest percentage, while oleic acid, C18:19 (10.62-25.29%) had the highest percentage among the unsaturated fatty acids. The chemical composition of analyzed freshwater fish lipids revealed low levels of polyunsaturated fatty acids.(AU)
O objetivo deste trabalho foi analisar a composição química de lipídeos de peixes comumente encontrados em açudes do estado do Ceará: Ancistrus sp (bodó), Hoplias malabaricus (traíra), Cichla ocellaris (tucunaré), Prochilodus brevis (curimatã) e Oreochomis niloticus (tilápia). A coleta dos animais foi realizada durante o verão. Os lipídeos foram obtidos segundo o método de extração de Folch e os ácidos graxos foram metilados seguindo a metodologia da Iupac (União Internacional de Química Pura e Aplicada [Iupac], 1987). A análise química dos ésteres metílicos foi feita por CG/EM. Dentre os ácidos graxos saturados, o palmítico C16:0 (35.71-45.02%) apresentou o maior percentual e entre os ácidos graxos insaturados o oleico C18:19 (10.62-25.29%) foi o mais abundante. A composição química de lipídeos dos peixes de água doce analisados revelou baixos teores de ácidos graxos poliinsaturados.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1