Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Desempenho de láparos oriundos de matrizes alimentadas com diferentes níveis de energia / Performance of rabbits wean from females fed with different levels of energy

Rocha, Leonardo Tombesi da; Klinger, Ana Carolina Kohlrausch; Chimainski, Michael; Toledo, Geni Salete Pinto de; Rodrigues, Mônica Oliveira; Camera, Angelina; Silva, Leila Picolli da.
Ciênc. Anim. (Impr.); 24(2): 13-19, 2014. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481260

Resumo

The aimed of this study is evaluate weight gain of six litters derived from lactating rabbits fed with two different energy levels was assessed. Fifty-four young rabbits of New Zealand White kind were used. These were subjected to different levels of digestible energy in the diet at two different treatments: DAC: 2.800 kcal diet containing digestible energy, DBC: 2.600 kcal control diet containing digestible energy. The parameter evaluated was weight gain of the litter, to the energy level of the diet provided. The methods were used to evaluate the correlation analysis, and analysis of variance (ANOVA) with two treatments and three replications each (p<0.15). It was concluded in this study that the difference 200 kcal of digestible energy in the levels 2.600 Kcal/kg and 2.800 Kcal/kg on diets for lactating mothers affect the performance of their litters.(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar o ganho de peso de láparos oriundos de coelhas alimentadas com diferentes níveis de energia digestível. Foram utilizados 54 láparos, da raça Nova Zelândia Branca oriundos de dois diferentes grupos com três matrizes cada submetidas a diferentes dietas: DAC: Dieta de alta caloria, contendo 2.800 kcal de energia digestível; DBC: Dieta controle de baixa caloria contendo 2.600 kcal de energia digestível. O ensaio biológico totalizou o período da lactação das coelhas que compreendeu 28 dias. O parâmetro avaliado foi ganho de peso da ninhada, em relação ao nível energético da dieta fornecida. Os métodos utilizados para avaliação foram análise de correlação, e análise de variância (p<0,15). Concluiu-se no presente estudo que a diferença de 200 kcal no intervalo energético de 2.600 Kcal para 2.800 Kcal de energia digestível em dietas para matrizes lactantes influi no desempenho de suas ninhadas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1