Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito de diferentes níveis de energia e proteína na ração sobre o desempenho de frangos de corte da linhagem cobb avian 48tm / Effect of different energy and protein levels on performance of cobb avian 48tm broiler

Litz, Fernanda Heloisa; Carvalho, Carolina Magalhães Caires; Fernandes, Evandro de Abreu; Martins, Julyana Machado da Silva; Fagundes, Naiara Simarro.
Vet. Not.; 20(1): 52-60, Jan-Jun. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481282

Resumo

The aim of this work was to evaluate the performance of Cobb Avian 48MT broilers supplemented with different protein and energy levels. The experimental statistics design adopted was completely randomized, composed of three treatments and ten replications, named treatment 1 (low energy and protein level); treatment 2 (medium energy and protein level); and treatment 3 (high energy and protein level). The performance variables analyzed were the average feed consumption, average live weight, real and traditional feed conversion, and viability on the 7tn and 42nd day of age. The results were submitted to analysis of variance and Tukeys means comparison test at 5% probability. There was no difference (p> 0.05) in the performance of Cobb Avian 48TM at 7 days of age between the tested treatments for feed consumption, real and traditional feed conversion, and viability. However, the live weight difference was significant, where the medium treatment for levels of energy and protein was statistically equal to the low and high-level treatments. TThere were significant differences for the live weight, real and traditional feed conversion, where mediumand high energy and protein treatmentswere those that showed the best results. It can be concluded that the feedstuffs with medium and high protein and energy level resulted in better results for live weight at all phases and for feed conversion at 42 days of age.(AU)
Objetivou-se avaliar o desempenho de frangos de corte da linhagem Cobb Avian 48TM alimentados com diferentes níveis energéticos e proteicos. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, composto de três tratamentos e dez repetições, denominados tratamento 1 (baixo nível energético e proteico), tratamento 2 (médio nível energético e proteico) e tratamento 3 (alto nível energético e proteico). As variáveis de desempenho analisadas foram consumo médio de ração (CMR), peso vivo médio (PVM), conversão alimentar real (CAR) e tradicional (CAT), e viabilidade (VB) no 7 e 42º dia de idade. Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância e ao teste de comparação de médias de Tukey 5% de probabilidade pelo SAS. Não houve diferença (p>0,05) para o desempenho da linhagem Cobb Avian 48TM aos 7 dias de idade entre os tratamentos testados para as variáveis CMR, CAR, CAT e VB. Já para o PVM houve diferença, onde o tratamento de médio níveis de energia e proteína foi igual estatisticamente aos de baixo e alto níveis. Não foram verificadas diferenças (p<0,05) entre as médias dos tratamentos aos 42 dias de idade para as variáveis consumo de ração e viabilidade. Todavia, houve diferenças para o PVM, CAR e CAT, onde os tratamentos de médio e alto nível de energia e proteína foram os que apresentaram melhores resultados. Pode se concluir que as rações com médio e alto nível energético e proteico foram as que influenciaram em melhores resultados de peso vivo em todas as fases e a conversão alimentar aos 42 dias de idade.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1