Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Análise econômica de diferentes protocolos para inseminação artifi cial em tempo fixo (IATF) aplicados em novilhas de corte / Economic analysis of different protocols for fixed-timed artifi cial insemination (FTAI) applied in beef heifers

Gottschall, Carlos Santos; Silva, Leonardo Rocha da.
Vet. Foco; 11(2): 119-125, Jan-Jun. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481624

Resumo

Cost per animal and pregnancy of different protocols to FTAI in beef heifers were analyzed. The following protocols were used: Ovsynch, modifi ed by inclusion of an reused intravaginal device progesterone (IDP OVSP4 118 heifers), Heat Synch, also modifi ed by inclusion of an reused IDP (HESP4 50 heifers) and a protocol with estradiol benzoate (EB), P4 and prostaglandin (PGF2 PEPE 49 heifers). The calculated costs represent actual values corresponding to May 2015. The individual cost to the respective groups was R$ 27.60, R$ 22.30 and R$ 24.40. The pregnancy rate was 57.6% (68/118) in OVSP4, 34.0% (17/50) in HESP4 and 34.7% (17/49) in PEPE. From this information, the cost per pregnancy was R$ 47.89 in OVSP4, R$ 65.59 in HESP4 and R$ 70.33 in PEPE. Despite the single largest cost of the OVSP4, the cost of pregnancy was lower.(AU)
O desembolso individual e o custo por prenhez de diferentes protocolos para IATF em novilhas de corte foram analisados. Os seguintes protocolos foram utilizados: Ovsynch, modificado pela inclusão de um dispositivo intravaginal de progesterona (P4 DIP), reutilizado (OVSP4 - 118 novilhas), Heat Synch, também modificado pela inclusão de um DIP reutilizado (HESP4 - 50 novilhas) e, um terceiro protocolo, baseou-se em benzoato de estradiol (BE), P4 e prostaglandina (PGF2 - PEPE - 49 novilhas). Os custos apurados representam valores reais correspondentes a maio de 2015. O desembolso individual para os respectivos grupos foi de R$ 27,60, R$ 22,30 e R$ 24,40. A taxa de prenhez foi de 57,6% (68/118) para OVSP4, 34,0% (17/50) para HESP4 e 34,7% (17/49) para PEPE. A partir destas informações, se determinou o custo por prenhez, que foi de R$ 47,89 para OVSP4, R$ 65,59 para HESP4 e R$ 70,33 para PEPE. Os resultados demonstram que o desempenho econômico da IATF é estreitamente relacionado à resposta biológica dos animais aos diferentes protocolos. A melhor taxa de prenhez tornou o protocolo de maior desembolso individual (OVSP4 R$ 27,60) o protocolo mais atraente economicamente, uma vez que o custo da gestação foi bem inferior aos demais grupos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1