Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Gastrointestinal parasites in dairy cows present in farm show in western Santa Catarina, Brazil / Parasitos gastrintestinais em vacas leiteiras presentes em exposições agropecuárias na região oeste de Santa Catarina, Brasil

Soldá, Natan Marcos; Silva, Aleksandro Schafer da; Glombowsky, Patricia; Chiocca, Maisa; Cucco, Diego de Cordova; Oliveira, Tais Cardoso; Machado, Gustavo.
Acta Vet. bras.; 10(4): 373-377, 2016. mapas, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-482920

Resumo

The aim of this study was to evaluate the incidence of gastrointestinal parasites in dairy cattle participants of farm show in western Santa Catarina, in order to know the situation of the animals exposed in these events. In three fairs of great expression of the western region of the state of Santa Catarina, that occurred in the years 2013 and 2014, were collected 153 samples feces of animal exposed, which were analyzed by the McMaster technique to check the number of eggs per gram of feces (EPG). In the tests performed, was diagnosed 69 samples positive for parasites (45%), i.e., helminth eggs, coccidia oocysts, or mixed infections by helminthes (Strongylida order) and coccidia (Eimeria spp). Eggs Strongylidae family were identified as the parasites Trichostrongylus spp., Haemonchus spp., Teladorsagia spp., Cooperia spp., and Oesophagostomun spp. Therefore, cattle present in farm show, despite the required sanitary control and in some cases even with previous treatment, have infection gastrointestinal parasites.(AU)
O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência de parasitos gastrintestinais nos bovinos leiteiros participantes de feiras agropecuárias no oeste catarinense, com o intuito de conhecer a situação dos animais expostos nestes eventos. Durante três feiras de grande expressão da região oeste do estado de Santa Catarina, ocorridas nos anos de 2013 e 2014, foram coletadas 153 amostras de fezes de animais expostos, as quais foram analisadas pela técnica de McMaster para verificar o número de ovos por grama de fezes (OPG). Nos exames realizados, diagnosticou-se 69 amostras positivas para parasitos (45%), isto é, helmintos, coccídeos ou infecções mistas por ovos de helmintos da ordem Strongylida e oocistos de Eimeria spp. Os ovos da família Strongylida foram identificados como sendo dos parasitos Trichostrongylus spp., Haemonchus spp., Teladorsagia spp., Cooperia spp., e Oesophagostomun spp. Portanto, os bovinos presentes em feiras agropecuárias, apesar do controle sanitário requerido e alguns casos mesmo com tratamento prévio, apresentam infecção por parasitos gastrointestinais.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1